“A Lenda de Viriato” em grande produção fotográfica

Está em curso a primeira reconstituição histórica produzida para fotografia sobre Viriato e a sua vida. A Lenda de Viriato, uma produção da Chappa, do fotógrafo John Gallo, procura figurantes entre a comunidade local. No final, deverá ser feita uma exposição.

A primeira parte da produção fotográfica já teve lugar, e permitiu retratar alguns dos momentos-chave da vida de Viriato, como o nascimento e a sua existência enquanto pastor. O objetivo é focar seis momentos, havendo ainda a possibilidade de lhes juntar mais dois, segundo John Gallo, proprietário e diretor artístico da Chappa, uma agência colaborativa focada em projetos ligados à imagem.

A próxima fase decorre nos dias 13, 14 e 15 de julho, na Serra da Estrela e no centro de Viseu. Quem quiser participar como figurante pode inscrever-se pelo site (lendadeviriato.chappa.pt), preenchendo um formulário e anexando fotografia de rosto e de corpo, ou através da página da iniciativa no Facebook.

Os figurantes têm de ser maiores de idade e reunir certas características físicas. Para vestir a pele de guerreiro, por exemplo, convém ter «alguma envergadura física» e «barbas e cabelos longos», explica John Gallo, fotógrafo sócio-documental português, que adotou aquele nome artístico para vencer as barreiras comunicacionais, quando viveu no Reino Unido.

Além do nascimento e da faceta de pastor de Viriato, a lente de Gallo vai captar o momento em que aquele guerreiro lusitano se torna líder; uma «cena de guerra bastante violenta», que mostra como Viriato vence os romanos; a derrota dos romanos no desfiladeiro de Ronda, em Espanha; e a «cena da traição», em que «três dos seus mais fiéis companheiros de guerra acabam por matar Viriato à espera de uma recompensa romana» (os mesmos terminam executados, «porque Roma não paga a traidores»).

O resultado final deverá ser apresentado na rentrée, em colaboração com a Câmara Municipal de Viseu, que financia o projeto. O objetivo é selecionar entre 16 e 20 fotografias para integrar uma exposição, em Viseu, em data a definir. Pretende-se ainda levar algum material a todas as escolas do concelho, como pretexto para falar de Viriato e da sua vida, adianta o fotógrafo, ressalvando que a informação existente sobre aquele guerreiro lusitano «é muito escassa».

O objetivo é fazer uma reconstituição histórica «o mais fidedigna possível» da vida deste guerreiro lusitano, e para isso tem-se em atenção pormenores como o fardamento que existia à época, diz o fotógrafo John Gallo.

O intuito é fazer uma recriação histórica «o mais fidedigna possível», tendo atenção a pormenores como o fardamento da época. Para tal, contam com a associação Espada Lusitana como parceira. Por exemplo, na cena do nascimento de Viriato, cuja data não é conhecida com exatidão, está presente o pão de bolota, que terá sido oferta, assim como as uvas que a mãe provará no seguimento do parto.

A Lenda de Viriato «tem como objetivo trazer Viriato para o centro da discussão cultural e até identitária da cidade de Viseu», lê-se, em comunicado. «Se por um lado voltamos a Viriato pelas raízes e heroicidade, por outro projetamos no presente e no futuro a imagem de um herói incorruptível, cuja sagacidade, bravura e inteligência se sobrepuseram à suposta supremacia Romana», indica a mesma nota.

John Gallo é um fotógrafo sócio-documental português que adotou este nome artístico quando trabalhava no Reino Unido. Fotografia: Maria João Gala/GI

«Quando pensamos em Robin Hood, temos grande admiração por ele, mas, quando falamos de Viriato, a reação é: é só uma lenda», afirma John Gallo, sublinhando que se trata de «um dos heróis lusos mais antigos de que temos conhecimento».

O fotógrafo acredita que «nos falta um bocadinho de heroísmo na forma como olhamos para nós» e espera, com este projeto, contribuir para que «os portugueses pensem na sua história e nos heróis que tivemos».

Produção fotográfica

Serra da Estrela, 13 de julho; centro de Viseu, 14 e 15 de julho.
Inscrições: lendadeviriato.chappa.pt ou facebook.com/lendadeviriato/

Fonte : https://www.evasoes.pt/ar-livre/viseu-procura-figurantes-para-recriar-vida-de-viriato/

Este portal utiliza cookies. Ao navegar no site estará a consentir a sua utilização Saiba mais sobre privacidade e cookies