“Lapa do Lobo – Aldeia Cultural” apresenta Lia Alvadia

Maria Adélia Alvadia ou Lia Alvadia como é mais conhecida, nasceu em Canas de Senhorim em 14-08-1956.Estudou na Escola Avelar Brotero em Coimbra.

Desde criança que manifestou interesse pelas artes e artesanato criando inúmeras peças Decorativas.
Desde muito jovem se dedicou a bordar enxovais, facto que a impulsionou a criar o seu próprio emprego após o encerramento da ENU (empresa Nacional de Urânio)onde era Técnica Administrativa. O seu atelier CACOS E FARRAPOS ganhou enorme projecção através da participação em Feiras e Exposições fora e dentro do país. Destacam-se os seus presépios de Linho e Juta, palha de milho, as bonecas de trapo representação de Avós, bonecas de folhelho representando os trabalhos de campo, o seu enorme gosto pela natureza e elementos naturais leva-a a diferentes oficinas de PAM(plantas aromáticas e medicinais) e o seu uso diversifica o seu trabalho de uma forma particular.

“Bonecas de trapos, arranjos florais, rendas, bordados,
um novo modelo de chapéu ou adereço para o cabelo, sapato ou casaco.
Um palhaço de pano ou barro, um colar desfeito e refeito.
Uma folha perdida ou um tronco do mato,
Em pintura ou escultura transformados.
Tudo em metamorfose!
Tudo renascendo pela transformação, representando o ciclo da vida.
“Cacos e Farrapos” é um estado de espírito,
É sangue que corre nas veias,
É herança de avós,
É um elo de ligação ao futuro,
Mantendo vivo hoje, o passado!
Sonhar é preciso, criar é natural,
Dinamizar e divulgar é a nossa ligação ao mundo”.

Este portal utiliza cookies. Ao navegar no site estará a consentir a sua utilização Saiba mais sobre privacidade e cookies