Lapa do Lobo “Aldeia Cultural” arranca a 20 de Julho 2018

Lapa do Lobo. Uma aldeia feita de granito da Beira Alta.Dama de companhia da Serra da Estrela, onde as lajes descansam o tempo na terra que lhes dá o colo e a certeza. 


Um lugar de gente com raiz vincada na pele e pedra gravada nas mãos.
Onde o chão ultrapassa os caminhos. Onde os caminhos extravasam o destino.
Lugar de vizinhança inesperada, de identidade orgulhosa, de ousadia teimosa.
O dia nasce e os vizinhos regam Arte à janela, estendem fotografias a enxugar e lavam carinhosamente os poemas do pequeno-almoço. Lá fora, os muros fazem cinema, as esquinas tocam música e as lajes dançam com os pés que a pisam. E da pedra granítica nascem tapeçarias, das paredes grossas rompe o teatro e dos largos velhos gritam histórias novas de encantar. De noite, os sótãos guardam instrumentos que as varandas de dia vão tocar. E, antes de dormir, a aldeia não fechas as portas. Encosta-as de mansinho, para deixar a música entrar. Para adormecer a sorrir. Para, a sorrir, acordar.

Dias 20, 21 e 22 de Julho. Uma aldeia inteira para cada um.Lapa do Lobo: lugar improvável de encontros, de idiomas e de vontades.

A Fundação Lapa do Lobo e a Contracanto Associação Cultural, co-organizam o 1ºencontro artístico “Lapa do Lobo – Aldeia Cultural, com o apoio da Câmara Municipal de Nelas, Junta de freguesia da Lapa do Lobo e a Associação Desportiva e Cultural Lapense.

Serão 3 dias de intensa actividade cultural com os Lapenses, para os Lapenses, região beirã e restante território nacional. Esta primeira edição será apadrinhada no dia do seu encerramento por António Zambujo.

Mantenha-se atento. Em breve divulgaremos a programação completa.
Dias 20,21 e 22 de Julho. Marque na sua agenda.

Este portal utiliza cookies. Ao navegar no site estará a consentir a sua utilização Saiba mais sobre privacidade e cookies