GNR detêm 428 indivíduos em flagrante delito

A Guarda Nacional Republicana, para além da sua atividade operacional diária, levou a efeito um conjunto de operações, em todo o território nacional, na última semana, de 11 a 17 de maio, que visaram a prevenção e combate à criminalidade violenta, fiscalização rodoviária, entre outras, registando-se os seguintes dados operacionais:

  1. Detenções: 428 detidos em flagrante delito, destacando-se:
  • 141 por condução sob o efeito do álcool;
  • 104 por tráfico de estupefacientes;
  • 70 por condução sem habilitação legal;
  • 23 por ofensas à integridade física;
  • Sete por posse ilegal de arma;
  • Sete por furto;
  • Cinco por incêndio;
  • Três por violência doméstica;
  • Dois por maus tratos a animais;
  • Dois por invasão em recinto desportivo;
  • Um por roubo.

 

  1. Apreensões:
  • 31 609 doses de haxixe;
  • 1 585 doses de heroína;
  • 421 doses de cocaína;
  • Três plantas de cannabis;
  • 21 armas de fogo;
  • Dez armas brancas;
  • 521 munições de diversos calibres;
  • Dois quilos de chumbo;
  • Um quilo de pólvora;
  • 12 veículos;
  • 32 100 cigarros avulso;
  • 17 643 artigos contrafeitos;
  • 1 147 garrafas de álcool;
  • 47 litros de água ardente;
  • 1 832 bivalves;
  • Dez telemóveis;
  • Três computadores;
  • 6 798 euros em numerário.

  1. Trânsito: 9 954 infrações detetadas, destacando-se:
  • 2 328 excessos de velocidade;
  • 486 por falta de inspeção periódica obrigatória;
  • 407 relacionadas com anomalias nos sistemas de iluminação e sinalização;
  • 405 relacionadas com tacógrafos;
  • 396 por falta ou incorreta utilização do cinto de segurança e/ou sistema de retenção para crianças;
  • 371 por uso indevido do telemóvel no exercício da condução;
  • 323 por condução com taxa de álcool no sangue superior ao permitido por lei;
  • 192 por falta de seguro de responsabilidade civil obrigatório.

Este portal utiliza cookies. Ao navegar no site estará a consentir a sua utilização Saiba mais sobre privacidade e cookies