Fundação Lapa do Lobo.“Canteiro das palavras” assinalou o Dia Mundial do Livro

No passado dia 23 de abril, a Biblioteca da Fundação Lapa do Lobo celebrou o Dia Mundial do Livro a semear palavras, através da iniciativa “Canteiro das palavras”, que juntou diferentes gerações, num compromisso pessoal com as palavras, a terra e a natureza.

Depois do sucesso do “Canteiro das palavras” realizado no âmbito do “Elos: Festa Literária de Nelas”, que envolveu cerca de duas centenas de participantes, o Dia Mundial do Livro foi a razão que levou à repetição da iniciativa, desta vez para novos públicos.

A manhã foi passada junto dos alunos com Currículo Específico Individual, na Escola Secundária de Carregal do Sal e na Escola Básica Nuno Álvares, com a colaboração do Departamento de Educação Especial e a companhia de alguns elementos da Universidade Sénior de Carregal do Sal.

À tarde, a sementeira poética aconteceu na própria sede da Universidade Sénior de Carregal do Sal, com a forte presença dos seus alunos.

Em todos os locais foi possível ler poemas sobre a árvore, o ambiente e a natureza; cantar a canção “Canteiro das palavras”, composta propositadamente para o efeito, e alterar a letra da canção, com propostas de todos os intervenientes, de modo a inspirá-los a escrever as suas mensagens num papel especial, com sementes prontas a brotar e a ganhar vida.

Daqui a algumas semanas, será possível passar pelos canteiros das palavras e ver floridas as palavras, os poemas e desenhos semeados numa feliz comunhão com a terra, o livro e o ser humano.

Este portal utiliza cookies. Ao navegar no site estará a consentir a sua utilização Saiba mais sobre privacidade e cookies