Presidente da Câmara de Viseu equaciona processar o Estado por não resolver problemas do IP3

Almeida Henriques pondera processar a Administração Central por incúria, mais concretamente, a Infraestruturas de Portugal “por não cuidar da única ligação rodoviária entre Viseu e Coimbra”. A possibilidade foi revelada pelo autarca durante a conferência ‘Realidades e Oportunidades’, promovida pela Associação Empresarial da Região de Viseu (AIRV), no Solar dos Peixotos, que também contou com as presenças do novo presidente da direcção da AIRV, João Cotta, do presidente da Turismo Centro de Portugal, Pedro Machado, e da presidente da Comissão de Coordenação e Desenvolvimento Regional do Centro, Ana Abrunhosa.