Este conteúdo está bloqueado. Aceite os cookies para o visualizar.

Este conteúdo está bloqueado. Aceite os cookies para o visualizar.

Alunos de Nelas participam em espetáculo inspirado na tragédia dos incêndios 2017

Este conteúdo está bloqueado. Aceite os cookies para o visualizar.

Os finalistas do curso de teatro de Coimbra apresentam este mês a peça “Enquanto os lobos uivam”, inspirada nos incêndios de 2017, que vai também poder ser vista nas localidades de origem dos alunos, algumas delas afetadas pelos fogos.

O espetáculo “inspirado na tragédia dos incêndios” vai ser apresentado de sexta-feira a dia 28 na Oficina Municipal do Teatro (OMT), em Coimbra, anunciou hoje a companhia responsável pela OMT, o Teatrão.

Para além de Coimbra, a peça vai também passar pelas localidades de origem dos alunos, como Nelas, Tábua, Santa Comba Dão e Celorico da Beira, entre outras, como uma forma “de homenagear os heróis perdidos no interior”, refere a nota de imprensa enviada à agência Lusa.

De acordo com o Teatrão, o espetáculo parte do título do romance de Aquilino Ribeiro, “Quando os lobos uivam”, uma obra que “denunciava uma imposição do Estado Novo que iniciou o incêndio do interior norte e centro: o roubo dos baldios comunitários, para neles plantar pinheiros e logo a seguir outras espécies”.

Segundo o texto de apresentação do espetáculo, esta peça parte do “conflito de um Portugal a dois tempos, do interior e do litoral”, sem perspetivas de preservação museológica ou de “panfletarização da questão”.

“Nem temos saudades dos tempos em que não havia eletricidade ou ‘wi-fi’, nem somos partidários de uma demonização da cidade em oposição à vida ‘tranquila’ do campo. Encaramos a contemporaneidade destes dois mundos e, como tal, reconhecemos que os demónios existem tanto num como noutro”, referem os finalistas de teatro.

“Enquanto os lobos uivam” conta com direção dos atores António Fonseca e Pedro Lamas e uma coprodução dos finalistas com o Teatrão.

O espetáculo vai estar em palco na OMT sempre às 21:30 (domingos às 17:00).

A entrada custa quatro euros.

In : Notícias de Coimbra

Este conteúdo está bloqueado. Aceite os cookies para o visualizar.

Este conteúdo está bloqueado. Aceite os cookies para o visualizar.

Este portal utiliza cookies. Ao navegar no site estará a consentir a sua utilização Saiba mais sobre privacidade e cookies