Loja de Cidadão de Carregal do Sal inaugurada pela Ministra da Presidência

Foi inaugurada, na tarde do dia 11 de dezembro, a Loja de Cidadão de Carregal do Sal.
O descerramento da respetiva placa decorreu pouco depois das 15h30, pela Ministra da Presidência e da Modernização Administrativa, Maria Manuel Leitão Marques; pela Secretária de Estado Adjunta e da Modernização Administrativa, Graça Fonseca e pelo edil carregalense, Rogério Mota Abrantes.
Seguiu-se uma visita às instalações onde, a partir de agora, estão concentrados os serviços da Segurança Social, das Finanças, do Instituto dos Registos e Notariado e do Espaço Cidadão.
Perante entidades convidadas, comunicação social e munícipes que àquela hora se deslocaram ao novo espaço, foram proferidas algumas palavras de circunstância.


Primeiro a usar a palavra, o Presidente da Câmara Municipal de Carregal do Sal referiu-se à mais valia de reunir, num único espaço, diversos serviços até então dispersos e, num misto de melancolia e satisfação, lembrou os serviços que até então funcionaram naquele espaço entre os quais a antiga Casa do Povo.
Referindo-se à remodelação do espaço enfatizou o trabalho das entidades envolvidas e agradeceu a entrega e resiliência de todos, incluindo trabalhadores que tornaram possível a nova realidade. Uma nova realidade que permite “novos modelos de atendimento, que valorizam e apreciam, também, proximidade, conforto, comodidade, desburocratização e simplificação de procedimentos.”
Rogério Abrantes sublinhou então que a Câmara Municipal “tem sabido interpretar as necessidades dos seus cidadãos, colocando-os no patamar cimeiro e no centro das suas preocupações” e, por isso, afirmou, “predispomo-nos a dar todo o contributo, todo o nosso saber e toda a nossa experiência em prol do desenvolvimento do todo concelhio e regional, tendo sempre presente princípios que devem pautar esta profícua relação das administrações públicas: proximidade, coesão e subsidiariedade.”
Convicto de que os munícipes saberão apreciar “o conforto e a comodidade das instalações da Loja de Cidadão e a concentração de serviços públicos essenciais e recorrentes num espaço único, a par do profissionalismo dos trabalhadores que corporizam os respetivos serviços”, Rogério Abrantes assumiu “o compromisso da Câmara Municipal de Carregal do Sal de acompanhar sempre e bem de perto o funcionamento da Loja de Cidadão de Carregal do Sal, de modo a debelar e encontrar as melhores soluções para problemas que possam, eventualmente, surgir.”
Antes de encerrar, referiu-se à instalação e funcionamento de um Espaço de Cidadão na Freguesia de Beijós, correspondendo a uma aposta dos eleitos daquela Freguesia.
E terminou: “São as pessoas e o bem coletivo que move a nossa ação governativa. Saibamos, pois, desfrutar este momento do nosso contentamento.”
Contrariamente ao que estava previsto, Cláudia Joaquim, Secretária de Estado da Segurança Social, não conseguiu estar presente tendo ficado retida em Lisboa por questões profissionais, pelo que coube a Graça Fonseca, Secretária de Estado Adjunta e da Modernização Administrativa usar a palavra logo de seguida.
Aquela representante sublinhou a importância das Lojas de Cidadão enquanto medida de proximidade dos serviços do Poder Central e Local ao cidadão que, referiu, tem sido uma aposta ganha, pelo que o espaço de Carregal do Sal é já a 49ª Loja de cidadão que entra em funcionamento.
Aproveitou para desafiar o Centro de Emprego Dão Lafões a aderir ao projeto constatando que aquele é um serviço que poderá complementar os já disponíveis na Loja de Cidadão de Carregal do Sal.
O encerramento da inauguração coube à Ministra da Presidência e da Modernização Administrativa, Maria Manuel Leitão Marques.
A Ministra lembrou a dinâmica da Câmara Municipal de Carregal do Sal e o empenhamento dos seus gestores em criarem melhores condições de vida aos seus munícipes e em projetar o Concelho. A propósito, destacou as ações da Autarquia na recuperação da Casa do Passal e a realização da Feira da Pinha e do Pinhão, onde esteve no ano anterior, que foi uma agradável surpresa.
Fazendo votos para que os munícipes saibam valorizar também o esforço da Autarquia em colocar ao seu dispor a Loja de Cidadão, Maria Manuel Leitão Marques referiu que esta é uma mais valia, pelo que os contributos de quem usa aqueles serviços é de extrema importância. Por isso, frisou, se tiverem sugestões/reclamações a apontar, devem fazê-lo, mas também é bem-vindo o elogio que eventualmente entenderem fazer aos trabalhadores que os servem naquele balcão.

Fotos : Lino Dias

Este portal utiliza cookies. Ao navegar no site estará a consentir a sua utilização Saiba mais sobre privacidade e cookies