“Tentamos proporcionar variados espetáculos culturais, mas sempre com base no associativismo”

ENTREVISTA com António Costa, presidente da ADCLapense

Quais as atividades/valências da vossa associação?

Durante todo o ano temos Ténis de Mesa, em que nos últimos três anos temos participado no Campeonato Nacional da 2ª divisão e este ano criou-se uma segunda equipa que vai participar no Campeonato Distrital. Também proporcionamos aulas da modalidade a jovens e crianças.

Os(as) nossos(as) sócios(as) têm a possibilidade de partici

par aulas gratuitas de Fitness, duas vezes por semana na nossa sede. Esta atividade é proporcionado em colaboração com a fundação Lapa do Lobo.

Ao longo do ano também oferecemos outras atividades de âmbito cultural e desportivo, como as festas de verão, ranchos folclóricos, passeios de Btt, de pasteleiras, etc.

Quantos sócios e/ou dirigentes estão

envolvidos nas atividades?

No ténis de mesa e nas aulas de fitness só podem participar os nossos associados, sendo que no ténis de mesa temos atualmente 9 atletas e no fitness participam cerca de 35 associados.

Os outros eventos que oferecemos, são abertos a toda a gente, sócios ou não, embora a organização e elaboração é feita pelos elementos da direçã

o, com pouquíssimas pessoas a ajudar.

Com que apoios contam para levar a bom porto os objetivos a que se propõem?

Temos tido algum apoio da Junta de Freguesia da Lapa do Lobo, da Câmara Municipal de Nelas e da Fundação Lapa do Lobo. Os apoios destas instituições, que nós muito agradecemos, não são suficientes, nem perto, para colmatar as despesas que a associação tem ao longo do ano.

This slideshow requires JavaScript.

Uma contribuição importante são as quotas dos sócios, que se têm mantido estáveis ao longo dos últimos anos, mas a principal fonte de financiamento para cobrir as despesas advém das atividades que vamos organizando ao longo do ano, como é exemplo a festa de verão da freguesia.

A Lapa do Lobo tem, atualmente, uma grande oferta cultural proporcionada pela Fundação Lapa do Lobo e pelo ContraCanto, qual é o papel da ADCLapense neste âmbito?

A Associação Desportiva e Cultural Lapense tem uma filosofia diferente das instituições que referiu. Tentamos proporcionar variados espetáculos culturais, mas sempre com base no associativismo.

Nos últimos anos temos conseguido apresentar diferentes eventos culturais como ranchos folclóricos, teatros, cantares tradicionais, concertinas, orfeão de Rio Tinto, etc. mas todas elas efetuadas por associações nossas amigas.

Como é a relação da ADCL com a Fundação Lapa do Lobo e com o ContraCanto?

A relação é excelente, cada uma das instituições tem o seu espaço e a sua importância na Lapa do Lobo e na região. Estamos sempre disponíveis para colaborar com a Fundação e com o ContraCanto, como sempre temos feito, por exemplo com cedência do espaços da ADCL para espetáculos promovidos pela Fundação ou para os ensaios dos espetáculos do ContraCanto, sobretudo para o da Feira do Vinho.

Temos orgulho em ser amigos da Fundação e do ContraCanto e de muitas outras associações.

Como tem sido a relação dos lapenses com a ADCLapense?

Há 40 anos, quando foi criada a ADCLapense, o povo lapense empolgou-se, uniu-se e conseguiu erguer este edifício e todo o espaço envolvente. Foram tempos grandiosos e de grande atividade na associação. Chegamos a ter o rancho folclórico, um grupo de dança e ainda tivemos uma equipa de futebol federado.

Os lapenses gostavam e sentiam a sua ADCLapense, disfrutavam das instalações erguidas por eles.

Infelizmente, são memórias do passado, porque com o passar dos anos, a sociedade foi mudando, as condições de vida também e com isso também os hábitos e disponibilidade dos lapenses foi-se alterando e hoje em dia, o interesse pela ADCLapense é muitíssimo inferior, o que para nós que damos o nosso melhor, é uma pena.

Quais são os principais objetivos para o ano 2018?

Não posso indicar o que se poderá fazer no próximo ano, uma vez que os mandatos são anuais e o nosso termina no último dia de 2017. Cabe á próxima direção analisar e decidir o que poderá ser melhor para a ADCLapense em 2018.

De uma coisa tenho certeza, quem vier irá dar o seu melhor para prestigiar a Associação Desportiva e Cultural Lapense e a Lapa do Lobo.