Gala dos Melhores Vinhos Engarrafados do Dão amanhã em Viseu

A Comissão Vitivinícola Regional do Dão prepara-se para apresentar novamente a Gala “Os Melhores do Dão” 2017, a realizar na Pousada de Viseu, amanhã 20 de outubro. Esta Gala decorre há já 6 anos e tem como objectivo premiar os vencedores dos concursos de 2017 “Os Melhores Vinhos do Dão Engarrafados” e “As Melhores Vinhas do Dão” através da atribuição de prémios de Prestígio, Ouro, Prata e Bronze.

A Gala ‘Os Melhores do Dão’ é sempre um momento especial e mais uma oportunidade de reconhecer a crescente qualidade e empenho dos produtores de vinho nesta Região. Ao premiar os produtores, os seus vinhos e também as vinhas, a CVR Dão pretende não só atribuir mérito pelo trabalho desenvolvido, mas acima de tudo incentivar a fazer cada vez melhor». Passado mais um ano sobre a anterior Gala, os Vinhos do Dão continuaram o seu percurso de recuperação de quota de mercado, com um crescimento acumulado de 19% da quantidade de vinho certificado como DOP de 2013 a 2016, tendo-se verificado um aumento de 10% de Janeiro a Agosto de 2017 face ao período homólogo do ano anterior, afirma o Presidente da Comissão Vitivinícola Regional do Dão, Arlindo Cunha.

No Concurso “Os Melhores Vinhos do Dão Engarrafados” participaram 46 produtores com um total de 195 amostras de vinhos brancos, rosados e tintos. Foram atribuídos prémios a 30% das amostras a Concurso. A lista dos premiados pode ser consultada através do link:http://www.cvrdao.pt/images/documentos/VIII%20Concurso%20Engarrafados%202017-MEDALHAS.pdf

Pelo sétimo ano consecutivo, a CVR do Dão promoveu o Concurso “As Melhores Vinhas do Dão”. Este concurso, que tem como objetivo homenagear e premiar todos os que entusiasticamente trabalham a vinha, participaram 7 viticultores, com um total de 9 parcelas. A lista dos premiados pode ser consultada através do link: http://www.cvrdao.pt/images/documentos/CONCURSO AS MELHORES VINHAS DO DÃO 2017 RESULTADOS.pdf

Sobre o Vinho do Dão…

 

A Região Demarcada do Dão tem uma extensão territorial de 388.000 hectares e cerca de 20.000 hectares de vinhas, distribuídas por 60.000 explorações, das quais perto de metade têm menos de um hectare. A produção de vinho num ano normal ronda os 50 milhões de litros, dos quais 40% a 50% são susceptíveis de obter a Denominação de Origem.

A Carta de Lei de 18 de Setembro de 1908, estabelece formalmente a Região Demarcada do Dão. O regulamento para a produção e comercialização dos vinhos aí produzidos surge dois anos volvidos, com o Decreto regulamentador de 25 de Maio de 1910. Desta forma, o Dão tornou-se a primeira região de vinhos não licorosos a ser demarcada e regulamentada no nosso País.

A CVR do Dão tem como missão, o controlo da produção e do comércio, a certificação, a disciplina e a promoção dos produtos vitivinícolas, com direito a Denominação de Origem Protegida (DOP) Dão e a Indicação Geográfica de Proveniência (IGP) da área geográfica “Terras do Dão” em conformidade com a Lei.