Detido em Gouveia por suspeita de crime de fogo posto eleva para 60 as detenções

Só este ano, já foram detidas 60 pessoas suspeitas de atear fogos em Portugal. A Polícia Judiciária atualizou ontem a contabilidade, após a detenção de seis pessoas por suspeita de fogo posto nas zonas de Famalicão, Paços de Ferreira, Gouveia, Bragança e Viana do Castelo.

Os detidos, com idades compreendidas entre os 19 e os 61 anos, serão presentes às autoridades para um primeiro interrogatório judicial e aplicação de medidas de coação.