Festival “Habitua-te” termina em apoteose. “Este grupo há muito luta por melhores condições”

Depoimento de Ricardo Loio, do Grupo de Teatro “Hábitos, no encerramento daquele que é um evento incontornável para a cultura da região : 

Não sabemos ao certo quantos somos, mas posso-vos dizer que somos muitos! muitos com vontade de mostrar o que melhor sabemos fazer.
Quem nos conhece, sabe o esforço e a dedicação que temos pela cultura, sabe que amamos a nossa terra e respeitamos as nossas raízes.
Vivemos para dar, para oferecer um pouco de nós a todos os que nos acompanham..

This slideshow requires JavaScript.

Mais um “Habitua-te” passou, mais um orgulho (sim, porque somos gente orgulhosa) mais um êxito obtido, vibravamos ao ver o público a sair todos os dias com um sorriso nos lábios, massajava-nos o ego tal imagem…

Queria vos também dizer que este grupo há muito luta por melhores condições : não tem sede, nem nada que se pareça, vive de subsídios pequenos e mesmo assim não desiste, porque queremos fazer mais e melhor.. E infelizmente foi ignorado durante grande parte da sua existência.
Muitos foram aqueles que não acreditavam que em Carvalhal Redondo havia gente que iria ter tal sucesso, mas hoje, vê-se que somos mais que capazes.
Queremos e exigimos a oportunidade que foi dada aos outros, merecemos isso! merecemos que nos ajudem a crescer..
Não tentem ignorar o mais óbvio! Porque aqui, em Carvalhal Redondo há um grupo com uma vontade enorme para trabalhar.
E para quem não sabe, esse grupo chamasse “HÁBITOS”