ABC de Nelas tenta inscrever Fábio Almeida. Atleta já estava inscrito mas alegamente com documentos falsos

Em Nota de Imprensa que fez chegar à nossa redação, o Clube Nelense explica a rocambolesca situação em que se viu envolvido :

“Sabendo que o atleta Fábio Miguel Costa Almeida se encontrava livre, O ABC de Nelas celebrou um contrato como jogador amador, para a época de 2017/2018.

Para nosso espanto, quando procedíamos à inscrição do atleta, tivemos conhecimento que o mesmo já se encontrava inscrito pelo anterior clube Viseu2001.

Espanto porque o atleta afirmou, e continua a afirmar, que não tinha assinado qualquer contrato para a época de 2017/2018, com o Viseu 2001, nem com qualquer clube.

Após consulta da ficha de inscrição, verificou-se que a mesma se encontra rasurada e que o nº do Cartão de Cidadão (CC) e a cópia do mesmo não é o que o atleta possui.

Apesar de constar um teste médico junto da ficha de inscrição, também aqui o atleta diz que não fez qualquer teste nem exame médico para a época de 2017/2018.

O ABC de Nelas tentou por todos os meios que a verdade fosse reposta e o bom senso imperasse, no entanto o Viseu 2001 mostrou-se inflexível. Esta situação é prejudicial para o ABC de Nelas, mas principalmente para o jovem atleta que pode ficar impedido de jogar.

Também o atleta contactou os dirigentes do Viseu 2001, alertando-os para a situação e para que dessem sem efeito uma inscrição que ele nunca assinou, mas também aqui não houve resposta.

Pelo exposto, não resta ao ABC de Nelas, participar o caso à Associação de Futebol de Viseu e à Federação Portuguesa de Futebol, para que seja apurada a autenticidade da inscrição do atleta e que sejam responsabilizados todos os agentes desportivos, ou outros, que estejam ligados a esta situação.

Também o atleta irá denunciar civilmente a situação, tendo em atenção o mesmo não assinou qualquer ficha de inscrição para a época de 2017/2018, a cópia do CC não é igual à que possui o atleta e a ficha médica não corresponde ao atleta por não realizou qualquer exame médico para o Viseu 2001.

Mais uma vez o ABC de Nelas lamenta que um clube que se diz referência de uma cidade, utilize esta forma de estar no desporto, não tendo inclusive pejo de por em causa até o futuro de um jovem atleta.

A Direcção do ABC de Nelas”