Apresentamos o carro do futuro. Elétrico sem bateria tem autonomia superior a 1 000 Km

É elétrico, promete uma autonomia superior a 1000 km, mas não tem bateria, nem utiliza energia elétrica externa. Confuso? Nós explicamos. O Quant 40Volt, a última criação da NanoFlowcell, tem um sistema elétrico de baixa voltagem, alimentando por uma célula de combustível, que promete uma autonomia para percorrer 1000 km.

O modelo, do qual ainda só foi divulgada uma imagem e que será mostrado oficialmente no Salão de Genebra, a 7 de março, é um elétrico que não possui bateria nem utiliza energia elétrica externa, apostando numa solução completamente inovadora.

Em vez de uma bateria possui um dispositivo “nanoFlowcell” (seis células alinhadas), do tamanho de uma caixa de sapatos, ligado a dois tanques com um total de 150 litros de capacidade.

Estes dois tanques são, por sua vez abastecidos por um líquido eletrólito próprio (bi-ION), desenvolvido pela própria marca, não tóxico, não-inflamável e “amigo do ambiente”, garantindo ser mais económico que o combustível tradicional (com um custo de 9 cêntimos por litro, segundo a marca). Ou seja, para “atestar” seria necessário pagar menos de 14 euros.

Ao passar pelo sistema “nanoFlowcell”, o líquido reage dentro das células e produz eletricidade, que é enviada de imediato para os quatro motores elétricos inovadores de baixa voltagem.

Não menos interessante é o desempenho anunciado, visto que o conjunto debita uma potência máxima de 760cv, o que lhe permite uma aceleração dos 0 aos 100 km/h em 2,4 segundos. A velocidade máxima está limitada eletronicamente a 300 km/h.

Os planos passam por produzir o Quant 40Volt, embora ainda não haja data.

Este portal utiliza cookies. Ao navegar no site estará a consentir a sua utilização Saiba mais sobre privacidade e cookies