Oliveira do Hospital aposta em energia pública eficiente

O Município de Oliveira do Hospital representado pelo seu presidente, José Carlos Alexandrino, e a EDP Distribuição – Energia, S.A., representada por João Garcia Mendes, Diretor da Direção de Rede e Clientes Mondego, assinaram um protocolo que tem como objetivo a definição dos tipos correntes de iluminação, luminárias, lâmpadas, apoios e braços a utilizar na iluminação pública do Município.

O documento foi assinado esta semana, nos Paços do Município de Oliveira do Hospital e vem no seguimento do acordo efetuado entre a EDP e a Associação Nacional de Municípios Portugueses que prevê a revisão do Anexo I ao Contrato Tipo de Concessão de distribuição de eletricidade em baixa tensão (iluminação pública), tendo presente a evolução tecnológica e de mercado verificada nos aparelhos de iluminação e respetivos suportes desde 2001 bem como o grau de maturidade atingido pelas luminárias com tecnologia LED. Através desta referida alteração, ficam estabelecidas as condições de revisão dos equipamentos de iluminação pública, passando o LED a ser o material tipo corrente a aplicar pela EDP.

O Presidente do Município de Oliveira do Hospital sublinha que este protocolo, agora alterado, vem conferir a possibilidade de substituição de lâmpadas obsoletas bem como remodelações ou novas ampliações de rede, com a colocação de lâmpadas LED, que são mais eficientes e mais económicas, e com nova tecnologia ao serviço da população do concelho de Oliveira do Hospital.

Dando prioridade à criação de novas redes de iluminação pública e à instalação de lâmpadas LED, substituindo luminárias de vapor de mercúrio e equipamentos obsoletos, sai reforçada a aposta na eficiência energética e na gestão inteligente das redes, e por conseguinte uma manifesta melhoria na qualidade do serviço de iluminação pública com forte impacto na área ambiental.