Câmara disponibiliza antiga escola de Moreira para a Banda de Santar. Presidente da direção nega qualquer acordo para a transferência

Em causa a construção do Lar de Idosos da Santa Casa da Misericórdia de Santar, que abrange as atuais instalações da Sociedade Musical 2 de Fevereiro. António Nogueira, presidente da direção, ontem, no Facebook, exigiu “respeito” com a instituição que dirige : “Tendo eu (presidente da Banda) lido notícias que falam da Sociedade Musical 2 de Fevereiro – Banda Santar, acerca de um possível acordo de transferência da mesma para a escola de Moreira , venho dizer que até ao momento não existe qualquer acordo, nem com a Santa Casa da Misericórdia, nem com a Câmara Municipal de Nelas. A instituição a que presido merece todo o respeito”.

NOTA DE IMPRENSA da Câmara Municipal de Nelas :

Em reunião de Câmara, a Câmara Municipal deliberou por unanimidade aprovar o apoio financeiro de 250.000 € para a construção do Lar e do Centro de Dia de Santar que se encontra em curso desde Maio passado. A obra orçada em cerca de 924.000 € mais IVA, vai ser candidatada a um Aviso do PT2020 que vai ser aberto em março próximo que prevê a continuação da valência do Centro de Dia e para o internamento de 33 idosos.

No futuro a Santa Casa da Misericórdia de Santar vai tentar ainda protocolar com a Segurança Social o apoio para o funcionamento do Lar, estando já o projecto e as respectivas especialidades aprovadas pelo Gabinete de Engenharia dessa entidade.

O apoio agora concedido pela Câmara Municipal será liquidado em 50% no corrente ano e 50% até ao final do 1º trimestre de 2018 nas condições a definir com a Santa Casa da Misericórdia, sendo certo que esta detém um financiamento bancário que assegura que esta importante infra-estrutura social seja concretizada.

Mais foi deliberado a propósito desta obra, também por unanimidade, que a Câmara disponibilizasse a Escola Primária de Moreira para albergar temporariamente a Banda de Santar durante o período necessário à execução das obras, devendo as duas entidades entender-se quanto ao momento da transferência e restantes condições da mesma mudança.

No actual mandato, além deste apoio financeiro, a Câmara tem dado o apoio necessário à contratação da obra na sua plataforma de contratação, disponibilizando para o efeito os técnicos e tendo liquidado em 2015 um apoio financeiro de 15.000 € concedido no mandato anterior e não pago nessa altura, apoio financeiro esse que foi o único deliberado nos dois mandatos anteriores.

O Presidente da Câmara realçou o facto de poder corresponder a este pedido de ajuda da Santa Casa da Misericórdia de Santar, ajuda sempre disponibilizada em todas as suas intervenções e só agora solicitado concretamente pelos responsáveis da mesma, o que fizeram invocando uma situação de urgência.

Informa-se ainda que Câmara vai reunir na próxima terça-feira com todas as IPSS’s do Concelho para disponibilizar apoio no Aviso do PT 2020 na área social.