“Cordas e Cantus” desloca-se a Lisboa para cantar no Dia de Reis ao Presidente da República

Em Dia de Reis, manda a tradição, cantam-se as janeiras.
E em Belém, a tradição manda também que o Presidente da República ouça os Cantares dos Reis no anual Encontro que é promovido e que junta diversos grupos que afinam as vozes e os instrumentos para cantarem e encantarem o Chefe de Estado Português, este ano, no antigo Museu dos Coches.
Este ano, um dos grupos escolhidos foi o Cordas e Cantus, da Sociedade Filarmónica de Cabanas de Viriato, integrando a comitiva dos 10 grupos que, entre as 14h e as 17horas do dia 6 de janeiro, entoam os tradicionais cânticos do Dia de Reis para Marcelo Rebelo de sousa.
O grupo de Cabanas de Viriato, num total de 26 elementos, é o 5.º a atuar em Belém e vai interpretar três temas alusivos à época festiva.
A deslocação e atuação do grupo Cordas e Cantus vai ser acompanhada pelo Presidente da Câmara Municipal de Carregal do Sal, Rogério Abrantes e por elementos da direção da Sociedade Filarmónica de Cabanas de Viriato.