Carregal do Sal.Secretário de Estado da Administração Interna homologou criação da EIP

Foi assinado, no dia 27 de novembro, o Protocolo de criação da EIP – Equipa de Intervenção Permanente – de Carregal do Sal.A cerimónia decorreu no Salão Nobre dos Paços do Concelho e foi presidida pelo Secretário de Estado da Administração Interna, Jorge Gomes, que homologou o documento após a assinatura do mesmo pelos Presidentes das entidades envolvidas – Autoridade Nacional de Proteção Civil, Câmara Municipal de Carregal do Sal e Associação Humanitária dos Bombeiros Voluntários de Carregal do Sal.
A sessão teve início às 11horas com a assinatura do protocolo seguindo-se os discursos de circunstância.
António Ferreira, recém-eleito presidente da Associação Humanitária foi o primeiro a usar a palavra referindo-se àquele momento como um sonho tornado realidade que se traduzia numa mais-valia para a corporação e para o Concelho. Ao salientar a confiança no trabalho do comandante disse acreditar que será dada uma resposta cabal às “solicitações crescentes e variadas de socorro” e prometeu que tudo será feito para merecer a confiança depositada na corporação.
Ao agradecer ao presidente da Câmara Municipal pela disponibilidade e celeridade no processo de atribuição dos nomes de Cátia Dias e Bernardo Cardoso a uma rua do Concelho afirmou que a Câmara, “no seu coletivo” está de parabéns pela eficiência demonstrada.
Jaime Marta Soares, presidente da Liga dos Bombeiros Portugueses parabenizou o Concelho por mais este serviço ao dispor da Proteção Civil e, de forma particular, os Bombeiros de Carregal do Sal considerando a atribuição da EIP como “justa dentro daquilo que a Liga defende”, i.e., “uma cultura nacional que abranja todos os bombeiros de Portugal”.
Depois sublinhou o “momento alto” que está a ser vivido na relação da Liga com o Governo e dirigindo-se ao Secretário de Estado sublinhou a paixão comum que os une – a causa dos Bombeiros Voluntários – que lembrou ter abraçado há mais de vinte anos e que afirmou continuará a merecer-lhe toda a dedicação até porque é seu objetivo “fazer a família dos bombeiros muito feliz”. E desafiou o Secretário de Estado: “Vou fazer a minha parte, faça a sua!”.
A intervenção que se seguiu coube ao Presidente da Câmara Municipal de Carregal do Sal. Rogério Abrantes lembrou a recente deslocação do Secretário de Estado, por ocasião do encerramento das bodas de prata dos Bombeiros de Carregal do Sal, e o momento em que aquele elemento do Governo anunciou, para surpresa dos presentes, a criação de uma EIP no Concelho. Rogério Abrantes lembrou que anuiu ao desafio acrescentando o desejo de atribuir também o nome dos “gloriosos bombeiros” Cátia Dias e Bernardo Cardoso, a uma rua do Concelho comprometendo-se a levar aqueles assuntos a reunião de Câmara.

This slideshow requires JavaScript.

O desafio foi aceite e a partir daí, afirmou o edil, “a Câmara Municipal integrou e aprovou nos seus instrumentos previsionais as respetivas dotações para apoiar o funcionamento da EIP” enfatizando também o facto desse apoio ser feito em partes iguais pelo Governo Português e pela Câmara Municipal.
Ao referir-se às corporações de bombeiros, afirmou que “os corpos de bombeiros voluntários são os verdadeiros e principais pilares do sistema de proteção e socorro”, pelo que as EIP também ajudam nessa missão e “na concretização das políticas de proximidade que comumente se apregoam” e que “têm, por certo, especial enfoque nos municípios como o nosso, de pequena dimensão.”
Manifestou, então, em nome da Câmara Municipal, “um orgulho enorme nas duas Corporações deste Concelho (Carregal do Sal e Cabanas de Viriato) (…) um respeito e uma admiração imensa pelas vossas fardas” e, por isso, “a Câmara Municipal tudo continuará a fazer, dentro do que lhe for possível, para garantir meios à boa prestação das suas Associações Humanitárias.”
Convicto de que o Concelho de Carregal do Sal ficou mais rico, term

inou afirmando que a assinatura do Protocolo da EIP e o descerramento da placa da Avenida Cátia Dias e Bernardo Cardoso, serão “marcos de união e de simbolismo para a convergência de esforços na defesa intransigente das pessoas e bens.”
Último a usar a palavra, Jorge Gomes, Secretário de Estado da Administração Interna, lembrou o processo que conduziu à assinatura do Protocolo afirmando que esta é a sua forma de estar – “palavra dada, palavra honrada”. E afirmou que em boa hora o fez pois os Bombeiros de Carregal do Sal provaram estar à altura de terem uma EIP no seu corpo de Bombeiros. Frisou o número de candidatos que ultrapassou as expetativas – 13 para uma equipa de 5 elementos – e os critérios de exigência e rigor impostos e aplicados nas provas até então realizadas para esses lugares afirmando que a Autoridade Nacional também poderá utilizar o exemplo de Carregal do Sal para a seleção de pessoal.
Ao enaltecer o esforço e empenhamento da Câmara Municipal e da corporação local na concretização desta EIP, dirigiu-se ao comandante do corpo de Bombeiros expressando votos para que a EIP de Carregal do Sal entre em funcionamento no dia 1 de janeiro de 2017.
Terminada a cerimónia, o Secretário de Estado da Administração Interna procedeu ao descerramento da placa na Avenida Cátia Dias e Bernardo Cardoso, junto ao Quartel dos Bombeiros Voluntários de Carregal do Sal, fazendo-se acompanhar nessa tarefa pelo Presidente da Câmara Municipal de Carregal do Sal e pelo Presidente da Liga dos Bombeiros Portugueses.