Sessão de apresentação do livro “90% do caro leitor foi Feito nas Estrelas”

Feitos nas Estrelas. Alexandre Aibéo, docente do IPV, conduz-nos no seu último livro através de uma viagem cósmica que vai do “infinitamente grande ao infinitésimo, para, no final, se encontrar a si mesmo!”. A sessão de apresentação da obra “90% do caro leitor foi Feito nas Estrelas”, da coleção Ciência Aberta da editora Gradiva, está agendada para o próximo sábado, dia 5 de novembro, na Bertrand do Palácio do Gelo, em Viseu, pelas 17:00h.
No evento estarão presentes o autor, Alexandre Aibéo, astrofísico e professor da Escola Superior de Tecnologia e Gestão do Instituto Politécnico de Viseu, e Pedro Gomes de Almeida, engenheiro, astrónomo amador e gnomonista.

Este novo título da coleção Ciência Aberta da Gradiva propõe um regresso ao fascínio da Astrofísica e à redescoberta do mundo pelos olhos de uma criança: curiosa, atenta e inquisitiva, muito inquisitiva. Tendo como companheiro de jornada Alexandre Aibéo, o leitor será convidado a fazer trabalhos manuais, a tirar fotografias à Lua, a descobrir a beleza do idioma matemática, a perceber a aventura das ideias, e assim sentir-se pronto para as mais novas e excitantes questões da Astrofísica dos nossos dias.
“Imagine, o leitor, que o levam para uma viagem… uma viagem que vai do infinitamente grande ao infinitésimo, para, no final, se encontrar a si mesmo! E tudo isto sem sair do sofá. Não pense, contudo, que irá como mero espectador, será transportado para a linha da frente e sentir-se-á desafiado a escolher o caminho, a ousar ir mais depressa ou a descansar sobre uma pedra do carreiro”. É desta forma que o autor nos ilustra esta fascinante e empolgante jornada cósmica. Para Alexandre Aibéo, este seu novo livro “foi escrito em tom coloquial e despretensioso que pretende simplificar conceitos complexos e contextualizá-los no quotidiano antes de saltar para a Astrofísica. Se o objetivo for cumprido, terminará com muito mais perguntas do que aquelas com que começou”.
Não se esqueça, 90% de si apenas estará a “regressar” às estrelas!

Alexandre Aibéo é licenciado em Astronomia, mestre em Mecânica de Fluidos e doutorado em Astronomia pela Universidade do Porto. Ensina na Escola Superior de Tecnologia e Gestão de Viseu e investiga na área da astrofísica solar. Foi, em 2010, o vencedor da primeira edição do concurso FAMELAB – Comunicar Ciência em Portugal.
Dedica-se, desde 1996, à promoção da cultura científica e, nos tempos livres, ao bricolage e a projetos do “fundo da gaveta”. É autor, em conjunto com o seu primo Pedro Aibéo, de “Isto não é (Só) Matemática” (Quidnovi, 2012), um livro que segundo Nuno Markl “deu sex-appeal à matemática”.

Sinopse da obra:
“Uma viagem empolgante às estrelas!
As estrelas sempre fascinaram a humanidade. Na Antiguidade e mesmo muito depois dela houve quem pensasse que tudo estava escrito nas estrelas, isto é, que os astros determinavam o destino dos seres humanos. O que nunca ninguém pensou nos tempos antigos foi que nós somos feitos da matéria das estrelas. Não, não é uma metáfora, é literal: a maioria dos muitos átomos que nos constituem proveio da explosão de estrelas pesadas, que assim espalharam o seu interior pelo vasto espaço. Hoje, a olho nu ou usando telescópios, quando contemplamos as estrelas estamos a olhar para as nossas remotas origens.
O astrónomo Alexandre Aibéo é um jovem divulgador científico de primeira água. O seu livro original Isto não é (Só) Matemática foi um enorme sucesso. Neste seu segundo livro, o autor expõe o essencial do que hoje sabemos sobre o espaço, seja a Lua e o Sol aqui tão perto, sejam as estrelas mais distantes. Baseado na sua enorme experiência de divulgação científica, recorre a uma linguagem fresca e imaginativa para responder às nossas dúvidas sobre o cosmos. De leitura acessível a um vasto público”.

* Artigo redigido ao abrigo do novo Acordo Ortográfico

Viseu, 02 de novembro de 2016

Joaquim Amaral
Comunicação e Relações Públicas | Instituto Politécnico de Viseu
HYPERLINK “mailto:[email protected][email protected]