Município de Oliveira do Hospital lança pacote de obras que ultrapassa 5 milhões de euros

No âmbito do Plano Estratégico de Desenvolvimento Urbano (PEDU) e do Pacto de Coesão da CIM do Centro 2020, a Câmara Municipal de Oliveira do Hospital lançou este ano um conjunto de obras públicas no concelho que representam um investimento superior a 2,5 milhões de euros, estimando-se que no final de 2016 esse montante ultrapasse os 5 milhões de euros.

A primeira obra, que se insere no âmbito do PEDU de Oliveira do Hospital, na sequência da candidatura aprovada este ano pela CCDRCC/Centro 2020 e que representará, nos próximos anos, a realização de um investimento público no concelho de 5.764.705,88 milhões de euros, foi já adjudicada pelo valor 366.153,44 euros.

Trata-se da empreitada de requalificação e beneficiação da Av. Dr. Carlos Campos, que visa a regeneração urbana daquela zona da cidade e que entrará brevemente em execução.

Também adjudicadas encontram-se as empreitadas para a requalificação da zona envolvente de dois monumentos nacionais, como são o caso da Igreja de São Pedro de Lourosa, num investimento de 267.548,60 euros, bem como a  intervenção destinada à requalificação e refuncionalização da designada Casa Amarela, tendo em vista a sua transformação num centro de investigação e promoção da cidade romana da Bobadela, envolvendo um investimento de 294.899,66 euros.

Na antiga cidade romana, está também em fase de concurso público a “Musealização do Centro de Acolhimento e Interpretação”, orçado em cerca de 160 mil euros.

Na área da saúde, o executivo camarário aprovou ainda a adjudicação da remodelação da Unidade de Saúde de Ervedal da Beira, pelo valor de 294.226,38 euros. Nesta freguesia, estão  entretanto em execução as obras de requalificação da Avenida Nova, que importam num custo de 101.103,30 euros.

A beneficiação do antigo quartel dos Bombeiros Voluntários de Lagares da Beira, com o objetivo de transformar aquele emblemático edifício num espaço cultural, também foi adjudicada, pelo valor de 209.769,62 euros e, à semelhança das outras empreitadas, entrará brevemente em execução.

Ao nível da rede viária municipal, encontram-se já em fase de conclusão as obras de beneficiação e repavimentação da estrada municipal entre Lajeosa e Lagos da Beira, num investimento que ronda os 112 mil euros. Com contrato assinado, no valor de 253.029,42 euros, está também agora a EM 510, a via de ligação entre Senhor das Almas e Nogueira do Cravo.

Para além deste conjunto de obras com grande volume de investimento, a Câmara Municipal tem também em fase de projeto, no âmbito do PEDU, a requalificação das ruas Virgílio Ferreira e Alexandre Herculano, bem como a pavimentação e criação de parques de estacionamento na zona entre a central de camionagem, num terreno que se encontra atualmente em terra batida, e a rotunda Comandante Manuel Gouveia Serra, na cidade de Oliveira do Hospital, valorizando-se assim toda a zona envolvente ao principal pulmão verde da cidade: o parque do Mandanelho.

Com os projetos em fase de conclusão está igualmente a empreitada de requalificação e ampliação da Casa da Cultura César Oliveira, que englobará a construção de um auditório com capacidade para 300 pessoas nas instalações do antigo colégio Brás Garcia de Mascarenhas. Trata-se de um investimento, também financiado pelo PEDU, de cerca de 1,5 milhões de euros.

Fonte : CM de Oliveira do Hospital