Distrito de Viseu : 812 incêndios e 28 identificados por suspeita de fogo posto

O Comando Territorial de Viseu registou nos primeiros 8 meses do ano, 812 incêndios no distrito de Viseu, tendo sido identificados 28 suspeitos pelo crime de incêndio florestal.

De destacar que só no mês de agosto registaram-se 514 incêndios (63% do total anual), tendo sido identificados nesse período 12 suspeitos do crime de incêndio florestal. Os concelhos mais afetados foram Cinfães (23%), Viseu (18%) e Resende (11%).

Destaca-se a identificação de duas pessoas no dia 10 de agosto, um homem que ateou um incêndio numa vinha em Prada de Gonta – Tondela e um homem de 18 anos que ateou um incêndio em Arcozelo das Maias – Oliveira de Frades, com recurso a um isqueiro.

Destaca-se igualmente no dia 23 de agosto, a identificação de mais duas pessoas, um homem  de 39 anos, autor de dois incêndios ocorridos em Carquere – Resende (no dia 10 de agosto) que consumiram mais de 100 hectares de floresta e um jovem de 16 anos, presumível autor de um incêndio florestal ocorrido naquele dia em Vila Chã do Monte – Tarouca.

As causas principais dos incêndios, até agora validados, são de origem humana, pelo que a GNR vai manter ativa a vigilância nas zonas florestais, empenhando diversas capacidades e valências, de forma a reduzir o número de ocorrências desta natureza.