São Pedro do Sul vê um terço do seu território ser consumido pelo fogo

A combater as chamas chegaram a estar cerca de mil soldados da paz e mais de duas centenas de meios terrestres e aéreos, naquele que foi o maior incêndio no distrito, até ao momento, num Verão dramático também no concelho de São Pedro do Sul. Os fogos não têm dado tréguas, tendo ardido casas,sido evacuadas populações, registando-se ainda ferimentos muito graves num bombeiro, que ainda se encontra em estado crítico. O Presidente da Câmara Municipal,Vítor Figueiredo, estima ter ardido cerca de um terço da área do concelho, num grande incêndio que veio de Arouca e chegou a ter quatro frentes ativas.

A Ministra da Administração Interna, Constança Urbana de Sousa, esteve ontem no quartel dos Bombeiros Voluntários, assegurando estarem mobilizadas “todas as forças” para “uma batalha” que reconheceu ser “extremamente difícil”.