Linha da Beira Alta e A25 cortadas devido aos incêndios

O fogo que teve o seu início ontem pelas 2h 27 de ontem, em Algeriz, freguesia de Vila Nova de Monsarros, concelho de Anadia, está a mobilizar 331 bombeiros, apoiados por 98 veículos e três meios aéreos, levou ao corte da Linha de Caminho de Ferro, entre Mortágua e Pampilhosa. O incêndio continua a consumir mata e floresta, no Luso, Várzea do Luso e Barrô, muito próximo da linha da Beira Alta. A Serra do Buçaco está também a ser devastada pelas chamas e esta manhã, a GNR do Luso e Mealhada, deu ordem de evacuação do Hotel do Buçaco.

Uma fonte da CP – Caminhos-de-Ferro de Portugal disse à agência Lusa que a Linha da Beira Alta está cortada desde a madrugada de hoje, não havendo ainda previsão para o seu restabelecimento. O transbordo de passageiros está ser efetuado em autocarros, entre Mortágua e Pampilhosa.

Também a A25 está cortada desde o início da tarde de ontem,e a esta hora (13h49, desta quinta-feira, dia 11 de agosto), o corte mantém-se entre o Nó das Talhadas (Vouzela) e Albergaria-a-Velha (distrito de Aveiro).

Uma vasta zona da Região Centro está ainda sem comunicações telefónicas da rede fixa, não se sabendo ainda quando vão ser repostas, devido a algumas linhas terem sido atingidas pelas chamas a sul do distrito de Aveiro.