Festa religiosa de Laceiras é a que mais atrai fiés de outros concelhos e Beijós está também em festa

A localidade onde se realiza a festa religiosa que mobiliza mais fiéis de outras paragens ao Concelho – Festa em honra de Nossa Senhora dos Milagres (15 de agosto) – vai estar em festa rija, de 13 a 16 de agosto.
São as Festas de Verão das Laceiras que anualmente se realizam no fim-de-semana que coincide com aquela festa religiosa.
Assim, de 13 a 16 de agosto, são diversas as atividades que convidam à deslocação e participação naqueles festejos.
No sábado, dia 13, a organização – Associação Recreativa Cultural e Desportiva das Laceiras, propõe um serão teatral com a apresentação da peça “Esposa Precisa-se!”, pelo grupo “Os Lanceiros”, a partir das 21h, no salão da coletividade.
No domingo, logo pela manhã, realiza-se o 4º Passeio das Motoretas e motas, num percurso ainda a definir e com inscrições já a decorrer através dos números 968 381 654 (Bruno) e 965 259 677 (Zé Marmitas). À noite, o convite é para um arraial com o Grupo RBN.
No feriado, 15 de agosto, o dia é dedicado à festa religiosa mas à noite a animação regressa em grande com mais um arraial, desta vez a cargo da Banda Virus Music.
Terça-feira, último dia destas Festas de Verão 2016, a aposta é nos jogos tradicionais durante a tarde e à noite a festa é feita com o Grupo Concertinas da Beira.
Fazendo jus a qualquer festa popular que se preze, a organização garante serviço de bar e restaurante permanentes.

Beijós inaugura a renovação do Parque Arnaldo de Castro

Artesanato, gastronomia, vinhos e enchidos, acessórios, decoração e utilidades, produtos agrícolas, árvores, plantas…. Assim vai ser a Feira de Verão, em Beijós, no próximo fim-de-semana.
Organizada pela Junta de Freguesia de Beijós, a iniciativa assinala a inauguração das obras de requalificação do Parque Arnaldo de Castro (Carvalhas).
A Feira de Verão abre portas no sábado, às 19horas e inclui, nesse dia, a oferta de grelhados na brasa e a atuação do grupo Cordas e Cantus da Nossa Terra da Sociedade Filarmónica de Cabanas de Viriato.
No dia seguinte, as barraquinhas reabrem pelas 10h30 e até às 20h, esperam a sua visita. No recinto, pela manhã, a organização convida para uma ula de zumba e a à tarde e noite, a proposta é animação com o grupo de dança “Onda Viva” e folclore pelo grupo Danças e Cantares da Sociedade Filarmónica de Cabanas de Viriato.

Este portal utiliza cookies. Ao navegar no site estará a consentir a sua utilização Saiba mais sobre privacidade e cookies