Juízes mostraram-se “perplexos” por não terem sido também julgados deputados municipais e restantes vereadores …

… dado que todas as decisões relativas aos Regulamentos de Taxas, foram tomadas pelos dois órgãos, logo as acusações deveriam ser deduzidas contra todos e não somente contra os três arguidos.

No acórdão hoje dado a conhecer, os Juízes do processo dos Postos de Abastecimento de Combustíveis, consideraram também que nada foi provado quanto às motivações para os alegados crimes, designadamente qualquer “animosidade ou más relações dos arguidos Isaura Pedro, Manuel Marques e Osvaldo Seixas, para com Luís Rodrigues”, assim como rejeitam o argumento que “era do conhecimento público que Luís Rodrigues tivesse apoiado o PS nas eleições autárquicas anteriores, que se opunha à coligação que os arguidos representavam”.

Os Juízes, enquanto consideram credíveis os depoimentos dos arguidos, descredibilizam os dos representantes do Pingo Doce e Prio Energy e do próprio Luís Rodrigues, considerando que este último merece “menor credibilidade, atendendo ao evidente interesse pessoal no desfecho do processo, não apenas ao nível da demanda civil (indemnização pedida de 688 mil euros), mas também na própria condenação criminal dos arguidos, contra quem evidenciou nítida animosidade, sobretudo relativamente aos arguidos Manuel Marques e Osvaldo Seixas”.

Este portal utiliza cookies. Ao navegar no site estará a consentir a sua utilização Saiba mais sobre privacidade e cookies