Movimento Mais para Todos : Projeto Viseense de serviços de saúde para prostitutas ganha prémio

Organização não-governamental de Viseu foi uma das vencedoras da segunda edição do Movimento que tem como presidente do júri Mercedes Balsemão e é apadrinhado por Maria Cavaco Silva. Inês Jorge de Figueiredo, Joana Andrade e Vitor Martin receberam prémio em cerimónia realizada em Sintra
O projeto “Saúde na Esquina” da Saúde em Português – Delegação Regional do Centro foi um dos vencedores da segunda edição do Movimento Mais Para Todos, promovido pela SIC Esperança e pela cadeia alimentar LIDL. Na cerimónia, realizada em Sintra, foram entregues mais de um milhão de euros a 62 Instituições Particulares de Solidariedade Social (IPSS) espalhadas pelos 18 distritos de Portugal Continental.
Para a organização não-governamental promotora do projeto que arranca em Viseu em agosto de 2016, este é um prémio que “faz a diferença”.
“É essencial para a concretização do projeto no terreno. Para intervir na comunidade são precisas muitas mãos, horas e vontade. Mas também são precisos recursos… E fazem a diferença na qualidade da ajuda que podemos oferece. Sem este prémio o ‘Saúde na Esquina’ ia demorar muito mais tempo a chegar a quem precisa”, sublinha, a propósito, a porta-voz Inês Jorge de Figueiredo.
 O “Saúde na Esquina” tem como público-alvo mulheres trabalhadoras do sexo e a ONG propõe-se a realizar ações médicas nos locais de trabalho da prostituição, uma medida inovadora no distrito de Viseu. Este projeto abrange a educação para a saúde, consultas médicas, sensibilização para a prevenção e apoio psicossocial.
Ao “Movimento Mais Para Todos” foram apresentadas 1.604 candidaturas, tendo o júri feito a seleção das 62 finalistas, que vão assim “vão ter a oportunidade de implementar projetos que estavam pendentes por falta de financiamento”.

A maioria dos projetos (28%) incide na área da integração social, seguindo-se os para as pessoas com deficiência (19%), para os seniores (18%) e para promoção da saúde (10%).
Educação (9%), acessibilidades (6%), crianças (6%), cultura (3%) e desporto (1%) são as restantes áreas abrangidas.
Cada um dos projetos distinguidos vai receber, em média, cerca de 59 mil euros, segundo o comunicado do Lidl Portugal, e “fazer a diferença na vida de trinta mil pessoas”.
Saúde em Português
A “Saúde em Português” é uma organização não-governamental (ONG) com 22 anos de existência e sedeada em Coimbra. Trabalha com bolsas de exclusão e tem sido reconhecida pelo seu trabalho voluntário nas comunidades dos países de língua portuguesa e em territórios de conflito, guerra e catástrofes.
A Delegação Regional do Centro foi criada em Viseu, a 12 de dezembro de 2015, e nos seus projetos dá primazia à população marginalizada e carenciada no distrito de Viseu.

Movimento Mais para Todos
O Movimento Mais para Todos pretende mobilizar todo o país em torno de uma boa causa, através do financiamento de projetos inovadores que tenham como principal objetivo a melhoria de qualidade de vida dos cidadãos, em particular de pessoas socialmente desfavorecidas.