Congresso Distrital do PS : Borges da Silva reitera disponibilidade para candidatura a um segundo mandato

A convite do reconduzido Presidente da Federação de Viseu do PS e da Comissão Política Distrital, António Borges, o Presidente da Câmara de Nelas, José Borges da Silva, fez uma intervenção na cerimónia de encerramento do congresso distrital do partido, que decorreu ontem em São Pedro do Sul. Borges da Silva reafirmou a sua disponibilidade para se recandidatar a um segundo mandato como Presidente de Câmara pelo Partido Socialista e na presença de Pedro Marques (Ministro do Planeamento e das Infraestruturas), reforçou o objetivo de ver reaprecidos pelo atual governo,os processo da extinção de freguesias e do esvaziamento de alguns tribunais e outros serviços públicos de soberania e proximidade. Borges da Silva sustentou a sua disponibilidade, pela afirmação do exemplo e resultados positivos alcançados no concelho de Nelas, em que “conseguimos diminuir a dívida, em 2 anos, de 17 para 12 milhões de euros, reduzimos de 240 dias para 35 dias o prazo médio de pagamentos a fornecedores (entre 2012 e 2016) e estamos a investir mais de 5 milhões de euros em ambiente”. O edil lembrou ainda “os mais de 100 milhões de euros de investimento privado, os mais de mil empregos criados nos últimos dois anos no concelho e a aposta na área social, com a universidade sénior e o reforço dos meios educativos”, congratulando-se também pela decisão de requalificação da Linha da Beira Alta. Borges da Silva reivindicou uma vez mais “a urgente construção de uma auto estrada entre Viseu e Coimbra,com a conclusão do IC 12 e a ligação a Viseu, através do IC37”.
Pedro Marques confirmou as opções do governo em matéria de ferrovia e o estudo da rodovia referida (denominado Via dos Duques), sendo que para esta disse estar em curso apenas um estudo “uma vez que o Governo anterior não a candidatou a fundos comunitários”.