“Vamos embora, e agora ?” deu importantes dicas de entrada no mercado de trabalho

Foi na passada Sexta Feira, num Centro Cultural praticamente cheio, que a iniciativa “Vamos embora, e agora ?” reuniu alunos e professores, no sentido de dar pistas para uma eficaz entrada no mercado de trabalho. Numa organização do Agrupamento de Escolas de Carregal do Sal,a presença de diversos docentes e empresários, trouxe uma enriquecedora experiência para todos. 
Com 100 engenheiros ao seu serviço a Ripórtico  é uma empresa sedeada em Cabanas de Viriato, mas com forte presença internacional, designadamente nalguns PALOS´s como Cabo Verde e Moçambique. Ricardo Campos, líder deste projeto empresarial, que começou como start up,  fez uma breve apresentação centrada nos fatores que considera essenciais para o sucesso num futuro emprego : definição precisa de funções e objetivos ; forte vontade de ter avaliação do trabalho efetuado ; capacidade de organizar e planear o trabalho e atitude. 
O caso de sucesso da Fundação Lapa do Lobo no apoio a estudantes e no fomento do empreendedorismo foi também divulgado, através do vídeo institucional, onde foram destacadas várias das áreas na sua intervenção na comunidade. A biblioteca, que já tem mais de 2 mil livros, os projetos alcateia, Lapa saudável, tradiconalidades, a galeria de arte e exposições, as bolsas de estudo concedidas e o projeto Gap Year, que desde a primeira hora foi apoiada por Carlos Cunha Torres, foram detalhadas no vídeo.