Jovem Carregalense Gonçalo Silva representa Portugal em programa internacional nos EUA

Gonçalo Silva, de 22 anos, fundador e líder da associação Gap Year Portugal (apoiada pela Fundação Lapa do Lobo) e membro da Assembleia Municipal de Carregal do Sal, representa Portugal num programa que em 2016 reúne 21 países e que, no passado, já envolveu figuras como o ainda presidente Cavaco Silva (1978) e os seus antecessores Jorge Sampaio (1965) e Mário Soares (1976), bem como os antigos primeiro-ministros António Guterres (1978) e Pinto Balsemão (1965).
O Internacional Visitor Leadership Program (IVLP),é uma iniciativa do Departamento de Estado dos EUA que convida líderes de organismos de diferentes países a conhecer e criar ligações com homólogos locais.
“É um privilégio trabalhar com líderes de algumas das ONGs de maior referência internacional. A formação e a realidade do terceiro setor dos EUA leva-me a apreender um conjunto de informações que partilharei com organizações não-governamentais (ONG) e mesmo com o Governo português. A nível pessoal, já sinto ainda maior abertura de horizontes e sobra-me determinação em partilhar e aplicar tudo o que tenho aprendido”, disse à Lusa o jovem dirigente.
A visita em curso, de três semanas, que termina a 12 de março, enquadra-se no programa de “ONG e Participação Cívica Ativa” e os convidados estão em périplo por cinco estados em sucessivas ações de formação sobre a temática.
“Entre os participantes deste programa encontram-se líderes de grandes ONG à escala global que desenvolvem um trabalho na área da liderança, apoio humanitário ou ativismo”, revelou.
O Gap Year Portugal é uma organização que tem como objetivo principal divulgar o conceito do ano sabático e, ao mesmo tempo, ajuda todos os interessados a cumprir esse desejo.
“A formação que tenho recebido será uma grande mais-valia para a organização. Ajuda a pensar e planear novas estratégias para reforçar o nosso trabalho em Portugal”, concluiu.
As embaixadas dos Estados Unidos espalhadas pelo Mundo são responsáveis por identificar e selecionador os candidatos a integrar Visitor Leadership Program (IVLP), sendo que as propostas são validadas posteriormente pelo Departamento de Estado.
RTP on line