“Entre Muros e Miragens: Ser Refugiado” : Simpósio organizado pelo Politécnico de Viseu

O Teatro Ribeiro Conceição, em Lamego, acolhe no próximo dia 9 de março o simpósio Entre Muros e Miragens: Ser Refugiado. O evento, que aborda um tema bem premente da nossa atualidade civilizacional, tem a organização da Escola Superior de Tecnologia e Gestão de Lamego (ESTGL), em estreita colaboração com a CARITAS Diocesana de Lamego.
O seminário pretende constituir-se como um espaço de reflexão, debate e esclarecimento sobre uma temática que tem marcado a atualidade mediática e social: a da crise dos refugiados na Europa, e contribuir para esclarecer sobre a realidade política, económica e social que envolve os refugiados atualmente em trânsito no espaço europeu. O certame vai de igual modo proporcionar o encontro e a participação de várias organizações e instituições que colaboram na integração social de refugiados e de outra população migrante, dando a conhecer desta forma os vários intervenientes nacionais, regionais e locais que trabalham na integração em Portugal, contribuindo assim para uma visão esclarecida da sua ação concertada.
O evento pretende com esta abordagem contribuir para desmitificar representações sociais sobre refugiados, sensibilizar e promover a integração dos refugiados em Portugal e promover a investigação e divulgação de conhecimento científico sobre a temática.
A sessão solene de abertura está agendada para as 10:00h, seguindo-se o início dos trabalhos com o 1º painel “O Contexto Político-Demográfico da Europa”, com moderação de Ana Branca Carvalho (docente ESTGL-IPV) e as intervenções de Maria Cristina Saraiva Santinho (Centro em Rede de Investigação em Antropologia/Instituto Universitário de Lisboa), Paula Marques dos Santos (docente ESTGL-IPV), Álvaro Manuel Teixeira Bonito (docente ESTGL-IPV) e José Manuel Fernandes (eurodeputado, Parlamento Europeu). O eurodeputado apresenta uma comunicação que aborda o papel da União Europeia na atual crise de refugiados, participando mais tarde no espaço de debate por videoconferência.
O período da tarde tem o seu início com o segundo painel “População Refugiada: Conhecer para Intervir”, e conta com a moderação de Anabela Fernandes Guedes (docente ESTGL-IPV) e as comunicações de Maria José Casa-Nova (Universidade do Minho), João Casqueira Cardoso (Universidade Fernando Pessoa) e Pedro Miguel Laranjeira Calado (Alto Comissariado para as Migrações, IP).
O terceiro e último painel, com moderação de Nídia Menezes Abrunhosa (docente ESTGL-IPV) e as intervenções de Ana Paula Teixeira Marques (Instituto da Segurança Social, IP, Centro Distrital de Viseu) e Filipa Silvestre (Conselho Português para os Refugiados, CPR), aborda a temática “Acolhimento e Integração”.
Tempo ainda no programa para a apresentação do livro “Um Genocídio de Proximidade”, com a participação de Teresa Nogueira Pinto e o Padre Abrunhosa, da CÁRITAS Diocesana.
A sessão de encerramento conta com as participações de D. António José da Rocha Couto (Bispo de Lamego), Andrea Santiago (Câmara Municipal de Lamego – Pelouro da Ação Social) e Sandra Maria Gouveia Antunes (docente ESTGL-IPV).
O evento tem na sua génese uma forte componente solidária, também bem patente na doação da receita angariada com a organização do seminário para a Cáritas.
Inscrições on-line em: http://www.estgl.ipv.pt/simposio_EMM_2016.html
Contacto responsável do evento: Sandra Antunes: 965332313 / santunes@estgl.ipv.pt
* Artigo redigido ao abrigo do novo Acordo Ortográfico
Viseu, 18 de fevereiro de 2016
Joaquim Amaral
Comunicação e Relações Públicas | IPV

jamaral@pres.ipv.pt