Dia de boas vindas do programa ERASMUS+ no Politécnico de Viseu

Como já vem sendo hábito, ano após ano por esta altura, uma vez mais as escolas do Instituto Politécnico de Viseu (IPV), aprestam-se a receber inúmeros alunos estrangeiros que, ao abrigo da mobilidade Erasmus+, escolheram a instituição para efetuar os seus períodos de estudo e/ou de estágio.
Agora são os alunos que vêm para o segundo semestre do presente ano letivo, que se vêm juntar aos que já estão na instituição desde o início do primeiro semestre. Não esquecendo aqueles que, tendo vindo apenas para o primeiro semestre, de livre e espontânea vontade decidiram prorrogar a sua estadia na instituição e ficar até ao final do ano. Vieram por um semestre, mas decidiram ficar todo o ano letivo.
Participarão, ainda, e a título de convidadas na sessão, duas alunas oriundas do Instituto Politécnico de Macau que, ao abrigo de um protocolo celebrado com o Conselho Coordenador dos Institutos Superiores Politécnicos (CCISP), se encontram na Escola Superior de Saúde do Instituto Politécnico de Viseu a efetuar um período de mobilidade de curta duração, sob a forma de um estágio.
Como bom anfitrião, para além de lhes pretender proporcionar uma inesquecível aprendizagem académica, é intenção do IPV levá-los a descobrir, cumulativamente, o calor da hospitalidade beirã e os encantos e mistérios da cidade que, durante uns tempos, também será a sua. 
Assim, vão os Serviços de Relações Externas do IPV organizar, no próximo dia 24 de fevereiro, a partir das 14 horas, o Erasmus+ Welcome Day. Do programa consta uma pequena e simbólica receção na Aula Magna, na qual se darão as boas-vindas aos participantes. Ser-lhes-á, ainda, ofertado um pack institucional, do qual consta material informativo alusivo à cidade gentilmente cedido pelo Turismo Centro Portugal – Welcome Center Viseu. Seguir-se-á uma visita guiada, em língua inglesa, aos mais emblemáticos e carregados de história recantos da cidade, com a particularidade de ser efetuada no comboio turístico, gentilmente cedido pela Câmara Municipal de Viseu, na pessoa da vereadora dr.ª Odete Paiva.
Para encerrar com chave de ouro, para que se estreitem os académicos laços e se faça jus ao já supracitado beiraltino acolhimento, será servido um pequeno lanche convívio, ao qual emprestará o seu brilho e a sua sempre boa disposição a Tunadão 1998, tuna do Instituto Politécnico de Viseu.
* Artigo redigido ao abrigo do novo Acordo Ortográfico
Viseu, 16 de fevereiro de 2016
Maria da Conceição Pereira
Serviços de Relações Externas | IPV

re@pres.ipv.pt