“O que é que o pai não te contou da guerra?” encenado em Vouzela em co-produção da Amarelo Silvestre

“O que é que o pai não te contou da guerra?”, espectáculo encenado por Rogério de Carvalho, co-produção Teatro Nacional São João e Amarelo Silvestre, está de volta: 20 de Fevereiro (sábado, 21h30), em Vouzela, Cine-Teatro João Ribeiro*. 
A Peça é pretexto para a catarse de uma relação. O filho confronta o pai, antigo combatente, procurando os silêncios e os estrondos que permanecem depois da guerra. O questionamento vai conduzi-lo ao interior de si mesmo, a uma reflexão sobre a sua existência, à construção da sua própria memória. Convoca traços, vozes, tensões e emoções de todas as guerras, sem perder de vista a Guerra Colonial (1961-1974), ferida aberta no imaginário e no corpo do Portugal contemporâneo. Mas daqui não resulta um objeto cénico com pretensões documentais. A ambição é outra: construir, com palavras estropiadas, cabeças em pesadelo e corpos em sofrimento, um itinerário de carne, poesia, sangue, cena.

*Acolhimento no âmbito do programa Lafões Terra de Cultura, com direção artística da Binaural/Nodar, em parceria com os Municípios de Vouzela, São Pedro do Sul e Oliveira de Frades.