Clube de Caça e Pesca de Nelas : Sabotagem a montaria ao Javali não impediu o êxito da mesma

– A primeira grande montaria do Clube realizou-se no passado Sábado com o apoio das sete Juntas de Freguesia do concelho e de algumas empresas. Oito javalis foram abatidos na Lapa do Lobo.
Num ambiente de grande camaradagem, decorreu no passado Sábado, dia 6 de fevereiro, a primeira grande montaria ao javali organizada pelo Clube de Caça e Pesca de Nelas e realizada na bonita encosta do Mondego entre a Felgueira e a Lapa do Lobo. 
Esta iniciativa resulta de um controle de espécies consideradas praga. Estas provocam inúmeros estragos em culturas agrícolas e em viaturas que as atropelam, com elevados custos e perigos que carecem de particular atenção. Foi esse o entendimento das sete juntas do concelho e de algumas empresas locais. A manhã começou com um revés nas intenções do clube que viu a mancha a caçar ser sabotada na véspera e na noite da montaria com enxofre, bolas de naftalina e tiros, com a intenção de afastar as peças de caça e, posteriormente, as abater em caçadas/esperas clandestinas. Foi também colocada a cabeça de um javali abatido nessa noite à porta do clube, por forma a fazer desistir alguns visitantes vindos de terras como Aveiro, Arazede, Coimbra, Porto e Seia.O indivíduo que fez este “trabalho” foi identificado pelas câmaras de vigilância da mancha e teve o desplante de vir à montaria fazendo ainda mais patifarias (no início da mesma), sendo que foi desmascarado publicamente durante o jantar, de onde acabou por fugir quando se apercebeu que iria ser denunciado. No entanto foram expostas as filmagens do ato aos presentes, que ficaram particularmente indignados. Todos esses intentos foram falhados, sendo que a vontade dos monteiros e do clube suplantou toda esta malvadez. Depois de um jantar no restaurante típico “Os Antónios”, que não deixou os créditos por mãos alheias e brindou os transeuntes com um repasto digno do bem receber beirão, partiram os monteiros, divididos em seis armadas, para a mancha a caçar que foi batida por quatro matilhas (duas do nosso concelho), e que graças à visão dos diretores do clube que alargaram a mancha, por forma a que os atos de maldade não surtissem tanto efeito. Lá começaram a sair os javalis já no limite da mancha na Lapa do Lobo,distribuindo-se pela mesma e permitindo a todas as armadas dar tiros num total de mais de 71, abatendo um efetivo de oito javalis, o que acabou por ser muito pouco, dado o largo efetivo existente no terreno dias antes, mas que foi bom depois da sabotagem sofrida.  
O jantar voltou a ser a crédito do restaurante “Os Antónios” e reinou a camaradagem entre os presentes. No final foi sorteado por meio de rifa uma das porcas e as restantes foram leiloadas num clima de grande fraternidade.  
Fica o respeitoso agradecimento da Direcção a todos os presentes e os que apoiaram esta iniciativa, deixando assim o convite para a montaria a realizar no próximo dia 28 de fevereiro.
Texto : Clube de Caça e Pesca de Nelas
Foto : Farol da Nossa Terra