Comunicado do Diretor do Agrupamento de Escolas de Carregal do Sal confirma três alunos infetados com GRIPE A e 20 crianças em casa

Casos de Gripe A
Escola Básica Nuno Álvares

Tendo surgido algumas notícias na comunicação social e em algumas
redes sociais, dando conta da existência de alguns alunos com gripe A, venho
por este meio informar que existem três casos confirmados de gripe A, na
educação pré-escolar, na Escola Básica Nuno Álvares de Carregal do Sal. Mais
informo que tivemos conhecimento do primeiro caso na noite do passado dia 19
de janeiro, tendo eu, para o efeito, contactado de imediato o senhor Delegado
de Saúde de Carregal do Sal, que ficou inteirado da situação, tendo este referido
que por enquanto “não há motivo para alarme”. Acrescentou que este ano uma
parte substancial dos casos de gripe são do tipo A, tendo esta doença sido
acautelada pela vacina da gripe.
Na educação pré-escolar estão a faltar no dia de hoje cerca de vinte
crianças, presumindo-se que algumas destas faltas sejam por sintomas de gripe
e outros por prevenção (medo) de contágio da referida doença.
Não obstante o referido, alerto todos os pais e encarregados de educação
que caso o seu educando tenha algum dos sintomas de gripe ( febre alta, dores
musculares e articulares, dores de cabeça, tosse seca, inflamação dos olhos entre outros)
deve prioritariamente ligar para a linha de saúde 24 através do telefone 808 24
24 24, para obterem ajuda, devendo neste caso mencionar que no
estabelecimento de ensino dos seus educandos, no caso de frequentarem a
Escola Básica Nuno Álvares, existem, até ao momento, três casos de gripe A.
Informarei, de imediato, o senhor Delegado de Saúde de Carregal do Sal,
caso o número crianças infetadas com vírus da gripe A venha a aumentar.
Aproveito para informar toda a comunidade educativa que apesar da
situação requerer a devida atenção, não é motivo para alarme, e que,
juntamente com as autoridades de saúde, estamos atentos ao evoluir da situação e tudo faremos para que este problema seja ultrapassado tão breve
quanto possível.
Mais informo que em qualquer estabelecimento de ensino do
Agrupamento de Escolas foram sempre respeitadas as melhores normas de
promoção da saúde, quer no que respeita à higiene e segurança, bem como ao
conforto dos alunos e das crianças, nomeadamente, mantendo as salas
aquecidas e ventiladas com é apropriado nesta época do ano.
Cumpriremos escrupulosamente a medidas de evicção escolar definidas
pela Organização Mundial de Saúde (não permissão dos alunos em ambiente
escolar) caso se verifiquem sintomas de gripe ou outra qualquer doença
contagiosa. Por outras palavras, caso os nossos alunos tenham alguma doença
transmissível, devem permanecer em casa, estando impedidos de frequentar a
sua escola.
Sugiro, finalmente, aos alunos, a leitura em,
http://gripeinfantil.dgsaude.min-saude.pt/ , da mensagem do Sr. Diretor-
Geral da Saúde, Dr. Francisco George, sobre este assunto, dirigida a todas as
crianças. Para os pais e encarregdos de educação aconselho a consultar o
microsite da gripe da Direcção-Geral da Saúde em www.dgs.pt .
Agrupamento de Escolas de Carregal do Sal, 26 de janeiro de 2016 
O Diretor
(Hermínio Alexandre Ribeiro da Cunha Marques)