Treinador do Académico de Viseu paga alimentação e dormidas de jogadores

Há jogadores do Académico de Viseu (II Liga) a passar dificuldades económicas devido aos salários em atraso. O próprio treinador, Ricardo Chéu, já teve de tirar dinheiro do próprio bolso para pagar comida e dormidas a atletas. As dificuldades financeiras do clube duram há vários meses e refletem-se em várias situações. Num dos casos, Ricardo Chéu sentiu-se na obrigação de pagar diárias em hotéis aos jogadores porque estes recusaram ficar a morar em casas, com poucas condições, disponibilizadas pelo clube. Mas há mesmo casos mais graves em que falta comida. Como noticia o Correio da Manhã, Ricardo Chéu já assegurou refeições a jogadores. O diretor desportivo, André Duarte, nega ao mesmo jornal,problemas financeiros no Clube. “Esta temporada o plantel nunca esteve mais de dois meses sem receber os salários. E desde o início da época já foram pagos 15 mil euros só em prémios de jogo.” E acrescentou: “O único problema são os resultados desportivos.”