Janeiro de 2015 : Lúcia Freitas jovem agricultora do ano e Fundação Lapa do Lobo utrapassa os 14 mil utilizadores

São os grandes acontecimentos que selecionámos em Janeiro de 2015, na revista do ano, que agora iniciamos, em 12 dias, que percorrem os 12 meses de 2015.
Lúcia Freitas, a enóloga que se prepara para arrancar um com um projeto própria, depois de uma longa atividade ligada a Carlos Lucas, foi distinguida pelo Ministéria da Agricultura, como enóloga do ano. Natural de Oliveira do Conde, é na sua terra natal que se prepara para dar o seu contributo para a economia local e regional. 
A Fundação Lapa do Lobo, que atingiu mais de 14 mil utilizadores dos seus serviços e atividades, preparar-se para bater esse recorde, com um reforço das atividades e uma dinâmica impressionante, agora num edifício mais mais valências, espaço e funcionalidades. É uma autêntica “força viva” para os dois concelhos em que atua, mas com impacto em toda a região.