Mensagem de Natal de Dom Ilídio Leandro – Bispo de Viseu

Tantos sinais novos: nas montras, nas casas, nas ruas e nas praças! Sinais que anunciam o Natal. Esta quadra festiva marca todas as realidades, todas as pessoas, seja quem for e pense como pensar. O Natal não deixa, mesmo, ninguém indiferente. Ainda que os seus efeitos sejam mais de calendário do que de vida pessoal, familiar, social, cultural e tudo o mais, nada é indiferente, neste tempo. 
Sabemos todos, por experiência, que passada a Quadra e desfeitos os enfeites, tudo parece voltar à mesma e fica tudo igual… E é uma pena porque o Natal é, mesmo, um sonho real de ontem que seria muito bom se fosse tornado realidade do hoje e de todos os amanhãs! 
É verdade! O Natal quer, mesmo, ser um suplemento de alma e de vida para todos. Diz-nos que a paz e o amor são possíveis. Diz-nos que os piores efeitos “estufa” podem evitar-se e que a natureza pode ser espaço de todos e para todos, oferecendo vida com qualidade e com paz para todos. Diz-nos, mesmo, que o Papa Francisco tem razão e que, guiados por ele, damos vida nova a este mundo que Deus muito ama. 
Como era bom acreditar no Natal! Ao menos neste tempo, tudo diz alegria, solidariedade, amor e paz. 
Façamos tudo para que os dons do Presépio e do Natal de Jesus sejam aceites, vividos, partilhados e todos gozem e transmitam a paz universal.
Com amizade – Bispo de Viseu

Este portal utiliza cookies. Ao navegar no site estará a consentir a sua utilização Saiba mais sobre privacidade e cookies