Vítor de Sousa e Luísa Amaro enchem o auditório Maria José Cunha com “Poemas e uma guitarra”

Na noite de 7 de novembro, o Auditório Maria José Cunha da FLL, recebeu dois convidados muito especiais: Vitor de Sousa e Luísa Amaro.

Foi com o Auditório completamente cheio, que o espetáculo “Poemas e Uma Guitarra” se realizou, proporcionando a todo o público presente um magnifico serão de poesia, brilhantemente declamada pelo Vitor de Sousa e acompanhada à guitarra portuguesa pelas mãos mágicas de Luísa Amaro.
Num momento de grande proximidade com o público, Vitor de Sousadeclamou poemas de grandes nomes como António Aleixo, Pedro Homem de Mello, José Saramago, Ary dos Santos, António Gedeão, Manuel Alegre, Sofia de Melo Breyner, Almada Negreiros, Rosa Lobato Faria, Cesário Verde, Bocage e Camões, entre outros, todos estes textos poéticos foram acompanhados à guitarra e ouvimos desde a Odisseia, à Xácara, Mouriscas e Devaneios, temas da autoria de Luísa Amaro, como temas do grande Carlos Paredes, com quem Luísa Amaro partilhou centenas de espetáculos. Conversando e interagindo com o público, Vitor de Sousa e Luísa Amaro, foram partilhando de forma deliciosa muitas conversas, experiências, histórias e memórias de longos anos.Já perto do final deste belíssimo serão, Vitor de Sousa leu um poema da autoria da amiga Sandra Leal Viegas, a quem agradeceu, juntamente com o amigo de longa data António Leal, ambos presentes na plateia.

Também a Fundação Lapa do Lobo, os seus Administradores e toda a obra realizada por esta, foi carinhosamente agraciada pelo Vitor de Sousa e pela Luísa Amaro e ficou a promessa de em breve aqui voltarem.

Texto e Fotos : FLL

Este portal utiliza cookies. Ao navegar no site estará a consentir a sua utilização Saiba mais sobre privacidade e cookies