OPERAÇÃO “Idosos Seguros” da GNR identifica 23 996 idosos a viver sozinhos

A Guarda Nacional Republicana (GNR) realizou, durante todo o mês de outubro e em todo o território nacional, diversas ações de sensibilização junto dos idosos, alertando-os para diversas matérias relacionadas com a segurança, de modo a prevenir que esta população seja vitima de determinada criminalidade, em particular de situações de violência, de burlas e de furto em residências.

Durante a operação, os militares dos Núcleos Idosos em Segurança dos vários Comandos Territoriais realizaram 4 351 ações de sensibilização tendo abrangidos:
·         33 841 idosos, resultante de ações realizadas em residências, centros de apoio social e diversas entidades de saúde.
Nos primeiros seis messes deste ano, foram registadas pela GNR 112 burlas a idosos. Em regra, os idosos são vítimas de indivíduos que, através de uma boa aparência e com uma conversa convincente e cativante, se fazem passa por funcionários de instituições confiáveis (Segurança Social, Bancos, CTT, EDP), a fim de darem credibilidade à personagem por si criada e enganarem os idosos. Atendendo à entrada em circulação da nova nota de 20 euros, prevista para o dia 25 de novembro deste ano, durante esta Operação foram dados alertas aos idosos, idênticos aos que foram divulgados nas redes socias (https://goo.gl/KKDwni), de modo a evitar que a população idosa não seja vítima de burlas relacionadas com esta introdução.
De referir que, entre os dias 1 e 30 de abril deste ano, no âmbito da “Operação Censos Sénior 2015”, foram sinalizados 39 216 idosos (mais 5 253 do que na mesma Operação do ano transato) dos quais:
·         23 996 vivem sozinhos (mais 2 680);
·         5 205 vivem isolados (mais 924);
·         3 288 vivem sozinhos e isolados (mais 262);

·         6 727 não enquadrados nas situações anteriores, mas em situação de vulnerabilidade fruto de limitações físicas e/ou psicológicas (mais 907).

Este portal utiliza cookies. Ao navegar no site estará a consentir a sua utilização Saiba mais sobre privacidade e cookies