DETIDO a atear um incêndio em Mangualde

Elementos do Núcleo de Proteção Ambiental do Destacamento Territorial de Mangualde detiveram ontem, em flagrante delito, um homem de 22 anos idade, por ser autor de incêndio florestal que deflagrou na localidade de Chãs de Tavares, concelho de Mangualde.
O incêndio foi provocado, de forma negligente, com origem em trabalhos florestais que estavam a ser realizados, foram consumidos cerca de 0,35 hectares de área florestal e agrícola, e não fosse a pronta intervenção dos meios de combate, teria ardido uma grande mancha florestal.
O detido, após ter sido sujeito às medidas processuais penais, foi restituído à liberdade e notificado para comparecer em tribunal no dia 28 de setembro.
Desde o início do ano, no distrito de Viseu, foram detidas 14 pessoas de um total 137 pessoas identificadas como autores de incêndios de forma dolosa e negligente.