LUSOVINI em grande operação de charme trouxe a Nelas cinco dezenas de clientes e jornalistas …

entre os quais Camilo Lourenço, que ao nosso jornal, se mostrou “muito satisfeito”, com a ascenção do Dão no panorama vínico Nacional : “finalmente o Dão começa a mostrar-se e bem merece”.
A Lusovini, sedeada na antiga Adega de Nelas, tem em curso um grande projeto para aquelas instalações, que se encontram atualmente em obras de requalificação. A instalação de um centro de interpretação da vinha e do vinho é uma das principais componentes desse projeto. 

Ontem, nas suas instalações, foram apresentados alguns dos novos vinho do seu portfólio, perante algumas dezenas de clientes estrangeiros, jornalistas e convidados, numa atmosfera com muito glamour e história. 

Este portal utiliza cookies. Ao navegar no site estará a consentir a sua utilização Saiba mais sobre privacidade e cookies