Associações de Desenvolvimento Local preocupadas com a redução de fundos para o Desenvolvimento Rural

A MINHA TERRA – Federação Portuguesa de Associações de Desenvolvimento Local transmitiu ontem aos Gestores do Programa de Desenvolvimento Rural 2020, do PROMAR e aos Presidentes da CCDR de todo o país a sua apreensão com algumas decisões relativas ao Desenvolvimento Local de Base Comunitário Rural (DLBC Rural) que se prevêem poder vir a ser tomadas nos próximos dias pela Comissão de Avaliação nomeada pelo Governo. 
As Associações de Desenvolvimento Local associadas da Federação Minha Terra têm, nos últimos 20 anos, sido responsáveis pela gestão dos fundos comunitários LEADER para o desenvolvimento rural, agora substituídos pelo DLBC, com resultados avaliados muito positivamente pela Comissão Europeia e pela generalidade das entidades europeias e peritos em desenvolvimento rural. 
As decisões que se antecipam que a Comissão de Avaliação venha a tomar nos próximos dias irão pôr em causa este processo em muitos territórios rurais, impedindo a continuação de um trabalho de diversificação da economia e melhoria da qualidade de vida das populações que tem produzido resultados muito positivos.
Assim, na comunicação que enviou aos responsáveis acima referidos, a Federação Minha Terra destaca a preocupação com os seguintes aspetos:
• A redução de fundos afectos a cada território em relação ao quadro comunitário anterior;
• Uma grande diferenciação entre a capacidade de intervenção do DLCB/LEADER de Norte a Sul do país, reduzindo fortemente a capacidade de apoio às iniciativas locais, à pequena agricultura e à criação de emprego nos territórios rurais;
A Federação Minha Terra vem assim defender que sejam reforçadas as verbas atribuídas ao LEADER/DLBC para permitir prosseguir o trabalho de desenvolvimento local nos territórios rurais.
A Federação Minha Terra manifestou às entidades responsáveis a sua disponibilidade para participar na construção de soluções que permitam ainda evitar as dificuldades que se antecipam caso as previsões apontadas se confirmem.
A Federação Minha Terra é uma entidade privada de interesse público sem fins lucrativos, que agrega e representa 53 Associações de Desenvolvimento Local de todo o país, que gerem o LEADER de forma descentralizada nos territórios rurais portugueses.

Este portal utiliza cookies. Ao navegar no site estará a consentir a sua utilização Saiba mais sobre privacidade e cookies