Fogos regressam em força a Mangualde. Mais de 200 bombeiros combatem as chamas que ameaçam casas

Três incêndios florestais lavram hoje no concelho de Mangualde, combatidos por mais de 200 homens, tendo um deles provocado o encerramento da linha férrea da Beira Alta, enquanto outro ameaça aldeias, segundo a Proteção Civil.
Um incêndio na localidade de Cubos, Mangualde, com início às 12h00, levou ao corte da Linha da Beira Alta por volta das 12h30, informou à agência Lusa fonte do Comando Distrital de Operações de Socorro (CDOS) de Viseu. Este fogo está a ser combatido por 119 operacionais, apoiados por 33 viaturas. No mesmo concelho, o CDOS de Viseu afirmou estarem a lavrar outros dois incêndios, em Pinheiro de Cima e em Espinho, que tiveram início às 12h26 e às 12h20, respetivamente. Os incêndios “estão próximos” e “há aldeias e casas em perigo” na zona de Pinheiro de Cima, referiu a mesma fonte. Em Pinheiro de Cima, estão a combater as chamas 72 operacionais, apoiados por 19 viaturas e três meios aéreos. Já em Espinho, estão no terreno 23 homens, quatro viaturas e quatro meios aéreos.

Este portal utiliza cookies. Ao navegar no site estará a consentir a sua utilização Saiba mais sobre privacidade e cookies