V FEIRA SOCIAL em Carregal correspondeu às expectativas

O parque do Julgado de Paz acolheu, na sexta-feira, 10 de julho, a V edição da Feira Social do Concelho.
Realizada anualmente sob a organização da Rede Social concelhia, a iniciativa juntou utentes, técnicos e auxiliares das Instituições Particulares e Solidariedade Social – Santa Casa da Misericórdia de Carregal do Sal, da Fundação José Nunes Martins de Oliveira do Conde, do Centro Social Prof.ª Elisa Barros Silva de Cabanas de Viriato, das Cáritas de Oliveira do Conde e Beijós, Cooperativa Vários de Tondela e do Pólo de Oliveira do Conde da Associação de Paralisia Cerebral – num salutar convívio que permitiu também a angariação de fundos para as suas atividades.
Aliás, esse é um dos objetivos da iniciativa a que fez referência Cristina Borges, vereadora que detém o pelouro da Ação Social na Autarquia carregalense, na saudação de boas vindas, deixada no início da Feira Social. 
Por isso, entre as 10h e as 16h a comunidade foi convidada a ajudar através da aquisição de diversos produtos elaborados pelos colaboradores e utentes das instituições e de géneros alimentares, incluindo frutas e hortícolas oferecidas pelas respetivas Juntas de Freguesia para aquele efeito específico. Algumas barraquinhas chegaram mesmo a esgotar tudo o que tinham para vender pelo que o balanço de mais esta edição correspondeu às expetativas iniciais.
O convívio foi uma vez mais estimulado e deixou a organização bastante satisfeita. É que durante a manhã as crianças que andam nas Férias Desportivas Municipais juntaram-se à iniciativa e, da parte da tarde, foi o grupo de crianças da formação de teatro infantil do NACO que assistiu à prestação dos utentes e técnicas das IPSS’s fazendo uma pausa nos preparativos para a apresentação do seu espetáculo, marcada para aquela noite, em espaço contíguo ao da Feira Social.
A animação voltou a ser garantida pelas próprias IPSS’s. Pela manhã, “O Ninho”, da Santa Casa da Misericórdia interpretou a canção “Uma velha que morava na ilha”, seguindo-se as atuações dos grupos de utentes e colaboradores da Cáritas Paroquial de Beijós, com a dança “Poeira” e do Centro Social Prof.ª Elisa Barros Silva, com a dança “Os nossos idosos”. Da parte da tarde, a Cáritas de Oliveira do Conde/Fundação José Nunes Martins, brindaram o público com o “Malhão, malhão”, e a Santa Casa da Misericórdia, na valência idosos, interpretou a dança encenada da “Aldeia da Roupa Branca” e as canções “Ponha aqui o seu pezinho”, “Alecrim” e “Dá cá um beijo”.

Este portal utiliza cookies. Ao navegar no site estará a consentir a sua utilização Saiba mais sobre privacidade e cookies