Divulgação do projeto NEOMEGA na Fundação Lapa do Lobo contou ontem com uma enriquecedora palestra

De forma a divulgar o recém-criado projecto plurianual denominado NeoMega, “Neolitização e Megalitismo na Plataforma do Mondego”, a desenvolver entre 2016 e 2018, e que teve início informal este ano com a intervenção arqueológica de emergência a decorrer Orca da Lapa do Lobo, realizou-se ontem, no Auditório da Fundação Lapa do Lobo uma Palestra denominada “Antigas Sociedades Camponesas entre o Mondego e Dão: a propósito do estudo/escavação da Orca da Lapa do Lobo”.
Este projecto, coordenado pelo Prof. Doutor João Carlos Senna-Martinez do Centro de Arqueologia (Uniarq) da Universidade de Lisboa, surge numa parceria institucional entre os Municípios de Nelas e do Carregal do Sal, a Direcção Regional da Cultura do Centro e Investigadores do Centro de Arqueologia (Uniarq) da Universidade de Lisboa, tendo como parceiros a Fundação Lapa do Lobo, a Junta de Freguesia de Canas de Senhorim, a Junta de Freguesia da Lapa do Lobo e os Bombeiros Voluntários de Canas de Senhorim.
O projecto de investigação, recuperação, integração e valorização patrimonial, está previsto para decorrer entre os anos de 2016 e 2018 em monumentos megalíticos do concelho de Nelas e do concelho do Carregal do Sal, que irão ser alvo de estudo e de intervenções arqueológicas que permitirão conhecer melhor o território em causa durante o Neolítico.
Desta forma pretende-se que haja uma continuidade no discurso interpretativo do património megalítico nos dois concelhos e também dotar a Sala Museu de Arqueologia de Canas de Senhorim, como centro de interpretativo arqueológico e futuro pólo da especialidade do Museu Municipal de Nelas.

Fotos : CM Nelas

Este portal utiliza cookies. Ao navegar no site estará a consentir a sua utilização Saiba mais sobre privacidade e cookies