Assembleia da República institui como Dia Nacional da Gastronomia Portuguesa o último domingo de Maio

Esta foi a deliberação aprovada por unanimidade na passada sexta-feira, dia 26 de junho, em plenário, tendo tido por base as iniciativas do PS e da maioria que foram fundidas numa só proposta.
O Partido Socialista acolheu com entusiasmo a sugestão da instituição de um dia que valorizasse a nossa Gastronomia na senda daquilo que a Federação das Confrarias Gastronómicas de Portugal defendia. Aliás, isso mesmo foi enfatizado ao grupo parlamentar do PS por uma delegação da respetiva federação liderada pela sua presidente, Olga Cavaleiro, numa reunião com o grupo parlamentar do PS, que se fez representar pela vice-presidente do GPPS Hortense Martins e pelo deputado Acácio Pinto.

2 comentários a "Assembleia da República institui como Dia Nacional da Gastronomia Portuguesa o último domingo de Maio"

  1. Parabéns à dra Olga Cavaleiro que abdicou da sua carreira académica ( professora do ensino superior ) para seguir um negócio de família pasteis de Tentúgal O Afonso e faz tudo pelo associativismo.

  2. quem pediu um pastel de tentugal ?

Os comentários estão fechados.

Este portal utiliza cookies. Ao navegar no site estará a consentir a sua utilização Saiba mais sobre privacidade e cookies