PETIÇÃO PÚBLICA “Pela eliminação dos pontos negros na EN 234”

Da sessão pública da passada Sexta Feira, do recém criado movimento “Por uma EN234 segura”, saiu a seguinte moção, que serve também de petição pública, que pode ser subscrita on line (http://peticaopublica.com/pview.aspx?pi=PT76978) : 
“A Estrada Nacional 234, que atravessa o concelho de Nelas, é uma via de intenso tráfego, por onde circu-lam diariamente muitas centenas de veículos pesados de mercadorias, que entre Canas de Senhorim e Nelas, quilómetro 88,3 ao 89,3, apresenta duas curvas sinuosas onde são recorrentes os acidentes, graves e aparatosos, com especial incidência nas “curvas de Valinhos” (Urgeiriça). 
Ao longo das últimas décadas ali aconteceram grandes dramas humanos, com perdas de vidas e pessoas feridas com gravidade; ali se registaram elevados prejuízos sociais e económicos causados a cidadãos e empresas, um entrave ao desenvolvimento do concelho. 
É pois um troço muito perigoso para as muitas centenas de utentes que diariamente circulam nesta via, que continua a registar aumento do seu tráfego. Entre 2010 e 2014 ocorreram 55 acidentes (três atropelamen-tos, 29 colisões e 23 despistes), a que acrescem mais dez em 2015. Está ainda na memória de todos o mais recente desses acidentes, de grande aparato, que só não teve consequências trágicas pelo pronto e eficaz socorro das corporações de Bombeiros. 
Apesar deste histórico a situação perpetua-se e a frequência de acidentes também, sobeja prova de quão inseguro é este troço para as muitas centenas de utentes que diariamente nele circulam, que, além demais, continua a registar aumento do seu tráfego em resultado da instalação de novas empresas no concelho e das portagens implementadas na A25. Uma situação inaceitável. Pelo que, à conta da inércia da entidade gestora da infraestrutura (Governo e Estradas de Portugal) assiste-se a uma dramática acumulação do número de acidentes, de vítimas e de prejuízos. 
Como também é incompreensível a falta de iluminação no nó terminal do IC12, único nessas condições, e a sinalização ineficaz sobre a aproximação do termo de autoestrada e inserção numa estrada de uma só fai-xa, deficiências que conjugadas muito contribuem para o elevado número de acidentes que ali ocorre, que é urgente pôr cobro. 
É assim imperioso, sem prejuízo da desejável conclusão do IC12 entre Canas de Senhorim e Mangualde, que se promova uma urgente intervenção estrutural com vista a solucionar de vez os graves problemas de segurança rodoviária que afetam a Estrada Nacional 234. E que até lá, muito rapidamente seja melhorada a sinalização, de molde a minorar os potenciais perigos que decorrem do muito elevado tráfego de viaturas, nomeadamente pesados de mercadorias, numa estrada com os graves constrangimentos que oferece para a segurança de pessoas e bens. 
Nessa medida, os signatários requerem: 
1º – Do Governo e Estradas de Portugal uma intervenção estrutural no referido troço da EN 234 em vista a solucionar de vez os graves problemas de segurança rodoviária enunciados, e que o projeto de resolução, e calendarização para a sua execução, seja elaborado até ao final do mês de agosto de 2015. 
2º – Reclamar a imediata melhoria da sinalização de molde a minorar os perigos que decorrem de tão graves constrangimentos para a segurança de pessoas e bens. 
3º- Permanecerem mobilizados na prossecução dos objetivos em vista: Pelo fim da sinistralidade. Pela segurança e pela Vida.”
 A PETIÇÃO pode ser subscrita em : 
http://peticaopublica.com/pview.aspx?pi=PT76978

Este portal utiliza cookies. Ao navegar no site estará a consentir a sua utilização Saiba mais sobre privacidade e cookies