Concurso de Matemática “Mentes Brilhantes” distrital teve a participação de 57 alunos

No passado dia 29 de maio, decorreu na Escola Superior de Educação de Viseu (ESEV) o concurso de Matemática “Mentes Brilhantes”, dirigido a alunos dos 1.º e 2.º ciclos do ensino básico de escolas do distrito de Viseu, evento organizado pela Área Disciplinar de Matemática. O concurso, que já vai na sua 12.ª edição, decorreu entre as 9h e as 15h30, participando um total de 57 alunos de todo o distrito de Viseu, acompanhados por 19 professores.
No 1.º ciclo do ensino básico venceu o Agrupamento de Escolas Cândido de Figueiredo, de Tondela, tendo ficado nos lugares seguintes o Agrupamento de Escolas de Mortágua e a EB1 D. António Monteiro – Jugueiros (Viseu). No 2.º ciclo do ensino básico venceu a Escola Básica D. Duarte – Vil de Soito, tendo ficado nos lugares seguintes o Agrupamento de Escolas de Mundão e a Escola Básica 2,3 Infante D. Henrique (Viseu).
Durante a hora do almoço, o Grupo de Intervenção em Operações de Proteção e Socorro (GIOPS) fez uma exibição com cães nos espaços exteriores da ESEV, muito apreciada por crianças e adultos.
A entrega de prémios do concurso “Mentes Brilhantes” ocorreu no mesmo dia, em simultâneo com a atribuição de prémios do concurso “Histórias…com Matemática”. Na 8.ª edição deste concurso foram registadas um total de 81 participações, com histórias distribuídas por três categorias – alunos do 1.º Ciclo; alunos do 2º Ciclo, dos distritos de Viseu, Aveiro e Guarda; e alunos e ex-alunos da ESEV e professores do ensino básico em exercício de funções em escolas do distrito Viseu.
Na categoria 1 não foram atribuídos prémios. Na categoria 2 foi vencedor “A metamorfose”, de Sofia Filipe Pais, da Escola Básica Dr. Azeredo Perdigão (Viseu). Nesta categoria obteve menção honrosa a história “A Super-Régua”, da autoria de João Nuno Freire dos Santos, do Agrupamento de Escolas Latino Coelho (Lamego). Na categoria 3 venceu a história “00pi …o agente irracional”, de Sérgio Gomes Machado, professor do Agrupamento Escolas de Mundão (Viseu).
A organização destes concursos contou com o apoio de: Labesfal, Caixa Geral de Depósitos, Porto Editora, Câmara Municipal de Mangualde, Câmara Municipal de Oliveira de Frades, Câmara Municipal de Moimenta da Beira, GIOPS e Instituto Politécnico de Viseu.
* Artigo redigido ao abrigo do novo Acordo Ortográfico
Viseu, 2 de junho de 2015
Luís Menezes
Coordenador da Área Disciplinar de Matemática da Escola Superior de Educação de Viseu – IPV
menezes@esev.ipv.pt

Este portal utiliza cookies. Ao navegar no site estará a consentir a sua utilização Saiba mais sobre privacidade e cookies