Sub10 do SLNelas perdem 2-1 em Nelas com os Pinguinzinhos, na 10ª jornada da Fase Final dos Campeões e terminam no 5º lugar, entre 24 equipas

Na última jornada estava tudo em aberto, poderíamos alcançar o 3º lugar, manter o 4º lugar ou descer para 5º lugar. Teríamos de ganhar aos Pinguinzinhos e esperar que o Académico de Viseu não ganhasse em Castro Daire.
Ao longo da época tínhamos ganho em casa na fase de grupo por 6-1 e empatado na última jornada dessa fase por 1-1, num jogo em que poderíamos ter feito o pleno de vitórias. Na Fase Final tínhamos ido a casa dos Pinguinzinhos ganhar por 1-0. Garantir o 4º lugar dependia de nós!
No próprio dia soubemos que o atleta Rocha não poderia estar presente no jogo e convocámos ainda nessa manhã, o atleta Gui. O Atleta Francisco fruto das suas boas exibições, foi convidado para prestar provas num treino de captação do Sporting Clube de Portugal, que se realizava na Guarda à mesma hora do nosso jogo e não poderia dar o seu contributo à equipa.
Convocámos para o último jogo oficial da época 12 atletas: Boto, Daniel, Gui, Henrique, Marcelo, Martinho (Cap,), Rafa (Gr.), Ricardo, Simão, Tiago A., Tiago F., e Tomás.
Durante o aquecimento, o Daniel nosso subcapitão e um dos totalistas da Fase Final ressentiu-se de uma lesão sofrida na escola e não pôde jogar, ficando no banco a dar apoio à equipa.
Iniciámos com Rafa (Gr.), Martinho (Cap.), Tiago F., Simão, Tomás, Boto e Ricardo.
Começámos a todo o gás, a pressionar muito alto e a conseguir que a bola não saísse do meio-campo adversário.
Após algumas jogadas perigosas, mas que o guarda-redes adversário ia conseguindo travar, três cantos em que a bola passou perto da linha de golo, até que aos 15 minutos, o Tomás foi derrubado na área e o árbitro marcou penalti.
O capitão Martinho chamado a converter, não deu hipótese ao guarda-redes contrário e fez o 1-0 com grande convicção.
Passados 3 minutos, o Ricardo antecipa-se ao guarda-redes e faz o golo, no entanto o árbitro anulou-o por pé em riste! Aos 22 minutos, um lance de grande beleza, o guarda-redes na mesma jogada impede por duas vezes o golo. Após uma defesa apertada, a bola ressalta para o Ricardo que junto ao poste remata, mas o guardião adversário atira-se, estica-se todo e oferece o corpo à bola impedindo o 2-0.
Fomos para o intervalo a ganhar por 1-0, com o resultado a pecar por escasso, com o guarda-redes contrário a ser o melhor jogador em campo. Faltavam 25 minutos para conseguirmos o nosso objectivo…
Após o descanso, inexplicavelmente a nossa equipa adormeceu. Perdemos fulgor, menos intensidade na discussão dos lances e ao invés, os Pinguinzinhos iam crescendo e começavam a criar algumas dificuldades. Os nossos jogadores começaram a acusar a responsabilidade do jogo, jogavam debaixo de brasas, a bola parecia que queimava nos pés iam acumulando erros técnicos individuais e aos 40 minutos, num lance sem grande perigo, o Tomás na procura de ganhar a bola toca inadvertidamente no pé do adversário, este não cai, segue com a bola, mas o árbitro marca penalti.
Fazem o empate e é a partir desta altura que a nossa equipa desperta novamente para o jogo e tenta recuperar a vantagem. Alargamos a frente de ataque, só o golo poderia eventualmente colocar-nos no pódio, mas ao atacarmos, abrimos brechas na nossa defesa e aos 48 minutos a dois do final do jogo, quando já jogávamos mais com o coração do que com a cabeça, um rápido contra-ataque dos Pinguinzinhos, fazem o 2-1 e acabaram com o nosso sonho de chegar ao 3º lugar!
A desilusão tomou conta dos atletas que choravam copiosamente no final do encontro. Somente o forte e caloroso apoio da Torcida Nelense minimizou a decepção que toda a equipa estava a sentir.
No balneário a equipa estava destroçada, mas o futebol é mesmo assim. Vimos na Final da Taça de Portugal, uma equipa profissional a jogar com mais uma unidade durante 75 minutos e a ganhar por dois golos de diferença e também não conseguiu segurar a vantagem, o futebol é um jogo de emoções fortes, umas vezes ficamos contentes e outras tristes.
Os nossos atletas apesar da tristeza crescerão com este resultado e na próxima época cá estarão para tentar melhorar. E não é demais relembrar a brilhante época desportiva que o escalão de sub 10 do SLNelas fez: venceu a Fase de Grupos na série sul com 13 vitórias e 1 empate, na Fase Final dos Campeões terminou em 5º lugar, encostado ao 4º e ao 3º lugar e em 24 equipas do distrito de Viseu fazer esta classificação magnífica, logo no primeiro ano em que competiram oficialmente, é obra!
Parabéns aos atletas, à estrutura técnica e à Torcida Nelense.
Quem é que nós somos? Nelas, Nelas, Nelas.
O que é que nós queremos? Brincar, Jogar e Ganhar.
No final do jogo o escalão dos sub10 fez um almoço convívio, com a participação dos atletas, estrutura técnica, familiares dos atletas e também os escalões dos Traquinas e Petizes. Tivemos a honra de poder contar com a presença do Presidente da Câmara Municipal de Nelas, assim como, do Presidente da Junta de Freguesia de Nelas, aos quais desde já agradecemos o apoio que nos prestaram.
Terminado o campeonato distrital, vamos descansar uma semana, retomaremos os treinos no dia 8, para prepararmos a nossa participação no Tábua Cup a 13 de Junho e no Pateira Cup (Águeda) a 18, 19, 20 e 21 de Junho, dois torneios internacionais e no dia 28 de Junho faremos o Passeio de Fim de época e neste ano iremos à descoberta da Rota do Baixo Mondego, visitando a bela vila de Montemor-o-Velho e terminando na bela praia da Figueira da Foz.
Força Nelas!
Bancada Nelense

Este portal utiliza cookies. Ao navegar no site estará a consentir a sua utilização Saiba mais sobre privacidade e cookies