Balanço das Operações “Floresta Protegida” e “Ignição Zero” da GNR

A Guarda Nacional Republicana realizou, em todo o território nacional, durante os meses de março, abril e até ao dia 14 de maio, diversas ações de esclarecimento e de sensibilização relacionadas com os comportamentos a adotar por todas as pessoas nesta altura do ano, com o intuito de prevenir a ocorrência de incêndios florestais. Durante essas ações foi dado especial ênfase à explicação das regras aplicadas ao uso do fogo, à necessidade da limpeza de mato e remoção de sobrantes e à manutenção das faixas de contenção de incêndios.
Durante as duas Operações, “Floresta Protegida” e “Ignição Zero”, foram empenhados cerca de 2600 militares e civis, do efetivo do Serviço de Proteção da Natureza e do Ambiente (SEPNA) e do Grupo de Intervenção de Proteção e Socorro (GIPS), salientando-se os seguintes dados operacionais:
·         30 658 pessoas presentes nas diversas ações de sensibilização realizadas;
·         470 565 terrenos fiscalizados;
·         360 autos de contraordenação por infração ao Decreto-Lei 124/2006 (Sistema Nacional de Defesa da Floresta contra Incêndios), após terem sido realizadas ações de sensibilização;
·         1062 autos de noticia elaborados pelo crime de incêndio.

Este portal utiliza cookies. Ao navegar no site estará a consentir a sua utilização Saiba mais sobre privacidade e cookies